Iniesta (à esquerda) volta ao Barcelona nesta sábado (Foto: Divulgação / Facebook)

Iniesta (à esquerda) voltou ao Barcelona nesta sábado (Foto: Divulgação / Facebook)

LANCE!
03/11/2015
17:11
Barcelona (ESP)

A quarta-feira poderá decidir mais classificados por antecipação na Liga dos Campeões da Europa. No Grupo E, o favoritíssimo Barcelona precisa vencer o BATE Borisov, no Camp Nou, e torcer para o Bayer Leverkusen não ser derrotado pela Roma, no Estádio Olímpico. Os dois jogos estão marcados para 17h45 (horário de Brasília).

Na liderança da chave, com sete pontos, o técnico Luis Enrique está satisfeito com o rendimento do Barça, apesar da insistência da imprensa catalã em tratar de assuntos fora de campo. O último foi uma festa de Halloween feita por alguns jogadores, após a vitória sobre o Getafe por 2 a 0, no último sábado, pelo Campeonato Espanhol.

- Houve um comunicado dos jogadores, que deixaram claro o que poderiam expressar. Estamos no melhor lugar para que qualquer coisa positiva se converta em negativa. Não vou entrar neste jogo. Na minha época, existia o Carnaval, não Halloween. Nem conhecíamos a palavra. Jogamos uma grande partida no sábado e ganhamos por 2 a 0. O resto é parte do circo atual. Isso é tudo - resumiu, irritado, o treinador.


Ainda sem Messi, lesionado, o Barça já começa a ver o departamento médico esvaziado. No meio de campo, Sergi Roberto e Iniesta estão de volta. Ambos enfrentaram o Getafe e deram conta do recado.

Pelo Grupo F, nenhum dos participantes se classifica nesta quarta rodada. O destaque é o clássico entre Bayern de Munique e Arsenal, na Allianz Arena. Em caso de derrota, os Gunners ficarão bem perto da eliminação. Já os bávaros buscam a recuperação da derrota para os próprios ingleses, na rodada passada, por 2 a 0, no Emirates Stadium. Olympiacos e Dínamo Zagreb completam a jornada.

Na chave F, o Bayern de Munique é o líder, mas tem os mesmos 6 pontos do segundo colocado Olympiacos (AFP PHOTO / GUENTER SCHIFFMANN)
Bayern  é o líder, mas tem os mesmos seis pontos do Olympiacos (AFP PHOTO / GUENTER SCHIFFMANN)


No Grupo G, os holofotes estão voltados para o Chelsea. Com José Mourinho na corda bamba, no Stamford Bridge, os Blues recebem o Dínamo de Kiev para entrarem na zona de classificação e reduzirem o efeito de uma crise técnica que ronda o atual campeão inglês. Quem está por cima na chave é o Porto, que visita o Maccabi Tel Aviv. No entanto, mesmo em caso de vitória, o Dragão ainda não garante vaga nas oitavas de final nesta jornada.

Único time com 100% de aproveitamento nesta Liga dos Campeões da Europa e dono da melhor campanha, o Zenit pode se classificar até mesmo com um empate diante do Lyon, fora de casa. Neste caso, é só torcer para o Valencia não perder para o Gent, fora de casa. Em caso de triunfo, o time do atacante Hulk avança sem depender do outro jogo. Os espanhóis também se qualificam caso derrotem os belgas, combinado com triunfo russo ou empate na França.