LANCE!
14/10/2017
17:40
Madri (ESP)

Atlético de Madrid e Barcelona fizeram um jogo muito disputado neste sábado e ficaram no empate em 1 a 1, pela oitava rodada do Campeonato Espanhol, no primeiro grande clássico do Estádio Wanda Metropolitano, nova casa dos madrilenhos. O Colchonero abriu o placar com Saúl na etapa final, mas voltou do intervalo todo na defesa e viu os catalães cresceram no jogo. Suárez, de cabeça, deixou tudo igual. 

Apesar de ter perdido os 100% de aproveitamento no Campeonato Espanhol, o Barcelona segue na liderança, com 22 pontos. O Real Madrid assumiu a segunda posição, com 17, seguido por Atlético de Madrid e Sevilla, com 16. 

O técnico Ernesto Valverde ainda não achou o substituto de Dembélé, que pouco jogou pelo Barcelona e sofreu grave lesão muscular. Contra o Atlético, André Gomes foi titular, deixando Deulofeu e Denis Suárez como opção no banco, além do brasileiro Paulinho. No Atlético, a surpresa ficou pela escalação de Filipe Luís, que era dúvida para o confronto.

O jogo começou elétrico, com as duas equipes optando pelo ataque. Nos primeiros minutos, o Barcelona chegou com perigo com Messi e Alba. Mas as melhores chances saíram dos pés de Griezmann. Em dois lances, o francês foi parado incrivelmente por Ter Stegen.

A partida seguia muito disputada, com os dois times tentando o gol. Mas quem foi feliz foi o Atlético de Madrid. Filipe Luís rolou para Saúl na intermediária. O meia avançou, ajeitou para a perna direita e mandou no canto de Ter Stegen, que nada pôde fazer para segurar o arremate.

Nos últimos dez minutos da etapa final, o Barcelona imprimiu um ritmo mais forte e chegou ao ataque com muito perigo. A defesa do Atlético passou a ter mais problemas para conter Messi, Iniesta e Suárez. Savic chegou a travar o uruguaio em lance que ele certamente faria o gol.

Na etapa final, o Barcelona se soltou ainda mais em busca do empate, mas via um paredão na defesa colchonera. Mas sofria com os contra-ataques. Em seguida, o Atlético desperdiçou dois, com Umtiti e Piqué evitando um estrago maior. Messi queria e jogo e, em cobrança de falta, acertou o poste de Oblak. O argentino teria outra boa chance após tabela com Rakitic, mas chutou tirando tinta do poste.

As mudanças do técnico Ernesto Valverde deram um novo ritmo à equipe do Barcelona. Por outro lado, o Atlético de Madrid ficou muito na defesa, chamando os catalães para o seu campo. De tanto martelar, os Blaugranas empataram. Sergi Roberto, que entrou na vaga de Semedo, cruzou na medida para Suárez cabecear com precisão, sem chance para Oblak.

O gol não acordou o Atlético, nem a entrada de Fernando Torres em campo. Diante disso, o Barcelona manteve a postura ofensiva e quase virou com Suárez, mas o uruguaio chegou atrasado após passe de André Gomes. No último lance, Oblak defendeu falta cobrada por Messi na risca da área, garantindo o empate no clássico.