RADAR/LANCE!
08/01/2016
15:31
Pequim (CHI)

Enquanto os clubes chineses estão contratando pelo Brasil, a seleção do país demitiu o seu técnico nesta sexta-feira. Por conta dos maus resultados nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, a Associação de Futebol da China anunciou que o francês Alain Perrin não é mais o treinador do time.

- As duas partes tiveram um diálogo franco e chegaram ao acorde de que Perrin não seguirá sendo o treinador da China – disse a entidade em comunicado oficial.

Alain Perrin começou bem na seleção chinesa, em março de 2014. Ele chegou a ter 10 vitórias seguidas e levou a equipe até a semifinal da Copa Asiática. Porém, depois caiu de produção.

Hoje a China ocupa apenas a terceira posição do seu grupo nas eliminatórias. O time não tem nem mais chances de terminar em primeiro lugar. Para avançar à próxima fase da competição, a equipe terá que ganhar as próximas duas partidas e ultrapassar Hong Kong. Mesmo assim, o selecionado chinês precisará de uma combinação de resultados para conseguir a vaga como segundo melhor segundo colocado.

Perrin tem 59 anos e já trabalhou como técnico do Olympique de Marselha, do Lyon, do Southampton e de clubes das ligas dos Emirados Árabes e do Catar, onde também comandou a seleção sub-23.