Peter Siemsen (Foto: Bruno Haddad/FFC)

Presidente pediu para que o torcedor prestigie os jogos do Fluminense no Carioca (Foto: Bruno Haddad/FFC)

Vinícius Britto
05/02/2016
08:00
Rio de Janeiro (RJ)

Os públicos nas duas primeiras rodadas do Campeonato Carioca são decepcionantes. Na partida da última quarta-feira, somente 537 torcedores pagaram ingresso para ver o Fluminense goleando o Bonsucesso por 4 a 0 no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. Em contato com o LANCE!, o presidente Peter Siemsen lamentou o público baixo no último jogo do Flu e citou o fator Maracanã fechado - em decorrência dos Jogos Olímpicos, que serão realizados na cidade do Rio de Janeiro - como principal motivo de muitos torcedores não estarem comparecendo aos jogos do Carioca neste início de competição.

– É uma pena. Diante desse cenário atual, sem o Maracanã e com esses conflitos políticos, essa redução da média de público já era esperada. Mas lamentamos profundamente que isso ocorra – destacou o presidente do Flu.

Devido aos problemas políticos envolvendo o Fluminense e a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ), alguns torcedores têm se mobilizado nas redes sociais para boicotar os jogos do Campeonato Carioca. Por meio de sua página no Facebook, uma das maiores torcidas do Fluminense emitiu uma nota oficial repudiando as ações da FERJ e afirmando que a torcida não irá prestigiar e fazer festa em jogos do Fluminense no Estadual. Em contrapartida, Peter fez questão de exaltar a importância da presença dos torcedores nos jogos do clube na competição.

– Esperamos que o torcedor compareça e prestigie o Fluminense no Campeonato Carioca. Precisamos do torcedor ao nosso lado, sempre – frisou o mandatário tricolor.

No primeiro jogo do Flu na temporada, contra o Atlético-PR, pela Liga Rio-Sul-Minas, o público total não foi divulgado, pelo fato de não ter ocorrido venda de ingressos - a entrada foi trocada por um quilo de alimento não perecível. Contra o Volta Redonda, pela estreia do Estadual, 1.531 torcedores pagaram para assistir a derrota do Tricolor. E neste jogo, contra o Bonsucesso, 1.116 torcedores compareceram, com somente 537 pagando pelo ingresso.

Quando perguntado pela reportagem sobre um possível incômodo com o modelo de competição adotado pelo Campeonato Carioca em 2016, o presidente destacou que não existe críticas por parte do clube neste sentido.