Fluminense x São Paulo

O Fluminense perdeu para o São Paulo por 2 a 1 (Foto: NELSON PEREZ/FLUMINENSE F.C.)

RADAR/LANCE!
19/10/2016
17:38
Rio de Janeiro (RJ)

O árbitro Sandro Meira Ricci pode até ter apitado o fim do Fla-Flu - vencido por 2 a 1 pelo Flamengo - dentro das quatro linhas, porém, o clássico carioca ainda rende muitas discussões fora de campo e passa por um processo de anulação no STJD.

Segunda-feira, o Fluminense perdeu para o São Paulo por 2 a 1 na última rodada do Brasileirão, no entanto o presidente Peter Siemsen garantiu que a polêmica não mexe com o psicológico dos jogadores. Especialistas do LANCE! analisaram o momento do Tricolor.

Eduardo Cillo, psicólogo membro da Academia LANCE!

- Cada jogo tem a sua história, tanto o que acontece dentro de campo quanto a parte de preparação. É óbvio que aconteceu um evento importante no Fla-Flu, algo que poderia desestabilizar bastante os jogadores no momento. Só quem está lá dentro sabe se toda polêmica afetou a preparação da equipe ou se o resultado foi só uma circunstância da partida, mas não tem como garantir.

De uma forma geral, as polêmicas do Brasileirão podem sim atrapalhar os jogadores. Mas isso é no âmbito individual. Alguns nem ligam, outros podem ficar desmotivados, e há até a possibilidade de alguns se motivarem. Tudo isso depende da situação que o clube está, se está envolvido ou não, posição na tabela, objetivos. Quando você tem um bom trabalho de liderança, que é muito comum nesse nível de competição, praticamente diminui a possibilidade de influência das polêmicas. 

João Carlos Assumpção, colunista do LANCE!

- O problema envolvendo o Fla-Flu não muda nada. O Fluminense perdeu para o São Paulo porque errou feio no segundo tempo de jogo. Não dá para dizer que a polêmica do clássico interferiu no desempenho do time e no emocional dos jogadores.

Duilio, ex-zagueiro do Fluminense. Campeão Carioca em 1983 e 1984 e do Campeonato Brasileiro de 1984.

- Essas questões envolvendo o Fla-Flu mexem sim com o psicológico dos atletas. No entanto, o Fluminense não pode deitar afetar a ponto de ver suas chances de G6 ficarem para trás.

As polêmicas podem, inclusive, influenciar as outras equipes na reta final do campeonato. Os jogadores são de carne e osso, não atletas de video game. Além disso, os erros vem se repetindo em partidas fundamentais.