LANCE!
07/07/2016
00:12
Volta Redonda (RJ)

A sequência ruim de resultados no Fluminense pode acabar resultando na saída de Levir Culpi do clube das Laranjeiras. Após o empate em 1 a 1 com o Ypiranga-RS, pela terceira fase da Copa do Brasil, o técnico afirmou que vai conversar nesta quinta-feira com o presidente Peter Siemsen sobre sua permanência. Uma saída do cargo não foi descartada pelo treinador.

- Não quero conversar antecipadamente com ninguém. Amanhã (quinta-feira), vou me sentar com o presidente e vamos conversar sobre minha permanência no clube. Foi ele quem me contratou e vamos resolver isso - disse Levir Culpi.

Levir Culpi comentou os problemas que o clube vem passando, com a falta de um estádio no Rio de Janeiro e pressão por parte da torcida, que Levir Culpi já afirmou em outros momentos que tem um cunho político, já que o Tricolor vive um ano de eleição presidencial.

- O resultado foi péssimo. Existe uma reação dos jogadores, mas é uma reação demorado. Em qualquer resultado negativo há um impacto muito grande na diretoria, nos jogadores, na comissão técnica. Se eu não consigo controlar essa atmosfera, talvez seja melhor eu sair - disse Levir Culpi.

Levir Culpi chegou ao Fluminense no dia 7 de março para substituir o técnico Eduardo Baptista no comando do time. A passagem de Levir é até o momento marcada por altos e baixos.

A queda precoce no Carioca acabou sendo minimizada, já que o Tricolor das Laranjeiras conquistou a Primeira Liga. Na final, vitória por 1 a 0 sobre o Atlético-PR, em jogo disputado em Juiz de Fora.

No mesmo momento, o treinador entrou em rota de colisão com o atacante Fred, que chegou a dizer que não jogaria mais sob seu comando, mas deu voltou atrás. Meses depois, o ex-camisa 9 acertou sua transferência para o Atlético-MG.

Já no Campeonato Brasileiro a campanha é ruim. O início foi animador, mas a saída de Fred e a inoperância do ataque - que chegou a ser o pior da competição - fizeram o trabalho do treinador sofrer críticas e o time ficar no meio da tabela.