Levir Culpi - Fluminense treinando com a nova camisa

O técnico Levir Culpi é esperança tricolor. Ele venceu a Copa do Brasil duas vezes (Foto: Cleber Mendes/Lancepress!)

LANCE!
06/04/2016
07:30
Rio de Janeiro (RJ)

O momento, já disse Levir, é tranquilo e favorável ao Fluminense. São nove jogos sem perder. Sequência que levou a equipe à final da Primeira Liga e à liderança da Taça Guanabara. Mas, nesta quarta-feira, começa um novo desafio. Em Muriaé, no estádio Soares de Azevedo, o Tricolor faz sua estreia na Copa do Brasil, às 21h45, sonhando em faturar o segundo título na competição. A partida tem transmissão em tempo real do site do LANCE!

Se o time das Laranjeiras não vê adversário à sua frente na tabela do Carioca, o Gavião-carcará só é melhor do que duas equipes no Campeonato Mineiro e não está na zona de rebaixamento apenas pelo critério de saldo de gols. Ainda assim, o técnico tricolor espera um rival duro de ser batido.

- É um time de investimento de um empresário. Não é um time que tem a torcida, aquela coisa, mas é um time que tem bons jogadores. Com certeza, vai procurar fazer o melhor. Aí que vem a responsabilidade. Depois do jogo, vamos saber o que aconteceu - disse Levir.

Logo no primeiro compromisso, o Fluminense já pode conseguir a vaga na próxima etapa. Se vencer por dois ou mais gols de diferença, eliminará a necessidade do encontro de volta. A hipótese de tirar um jogo do calendário é um dos objetivos do treinador, que sabe da dificuldade a ser superada.

- Me deixa tranquilo porque eu tenho confiança. É uma possibilidade. Agora, fazer dois gols de diferença é complicado, não tem time ruim no campeonato. Então, você tem que merecer. Tudo vai depender da nossa produtividade de jogo - projetou.

Campeão da Copa do Brasil duas vezes, no comando dos rivais Cruzeiro (1996) e Atlético-MG (2014), Levir é sinônimo de confiança para o torcedor, que espera ver o Flu repetir o feito de 2007, ano de sua única conquista no torneio nacional. De fato, os números deste início da passagem dele pelas Laranjeiras colaboram: foram sete jogos, com quatro vitórias, três empates, 12 gols a favor e quatro contra. Agora, a esperança é de que a consequência das estatísticas seja ao menos uma volta olímpica. Melhor ainda se ela render uma vaga na próxima Libertadores.

A equipe deve ser a praticamente a mesma que vem se consolidando como titular desde a chegada do treinador. A dúvida fica por conta do lateral-direito Jonathan, poupado do treino desta terça. Giovanni é a opção, o que colocaria Wellington Silva de volta ao lado direito do campo.

Reserva, o volante Douglas, que deixou a atividade de segunda após sofrer um entorse no tornozelo direito, não se recuperou a tempo e está fora do duelo. Outro que tem presença descartada é Osvaldo. O atacante segue se recuperando de uma pancada no quadril esquerdo sofrida no jogo diante do Boavista.

TOMBENSE X FLUMINENSE

Data - Hora:
6/4/16 - 21h45 (de Brasília)
Estádio: Soares de Azevedo, em Muriaé (MG)
Árbitro: Felipe Duarte Varejao (ES)
Auxiliares: Fabiano da Silva Ramires (ES) e Vanderson Antonio Zanotti (ES)

TOMBENSE: Darley, Mário Saldivar, Matheus, Wellington e Paulo Otávio; Doriva, Jean, Gelson e Wangler; Daniel Amorim e Conrado - Técnico: Ney da Matta

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Jonathan, Gum, Henrique e Giovanni; Pierre, Cícero, Marcos Junior, Gerson e Gustavo Scarpa; Fred - Técnico: Levir Culpi