Ronaldinho e Ronaldo na Parada da Disney (Divulgação)

Ronaldinho encontrou o ex-companheiro Ronaldo na Parada da Disney (Divulgação)

Pedro Barboza
16/01/2016
08:20
Rio de Janeiro (RJ)

O relacionamento de Ronaldinho Gaúcho com o Fluminense está longe de acabar ao fim da Florida Cup – que acontece até a próxima quarta, nos Estados Unidos. Mesmo com a rescisão contratual ocorrida no fim de setembro, o jogador é visto com muito prestígio e valor agregado para o clube.

Diante disso, o meia-atacante de 35 anos, que vive fase de declínio na carreira, será uma espécie de embaixador do Tricolor até o fim do ano, em caso de novos eventos.

O uso da imagem de Ronaldinho Gaúcho pelo Fluminense em projetos futuros foi um dos pontos acordados quando as partes romperam, de forma bastante amistosa, o vínculo de uma temporada e meia.

De acordo com apuração do LANCE!, nem mesmo um acerto com outra equipe prejudicaria esta parceria entre do atleta com o Fluminense. A informação foi confirmada com pessoas próximas ao jogador e ao staff dele, que afirmaram que esta não será a única ocasião em que o meia e o clube estarão juntos. A diretoria tricolor, porém, não confirma.

Nos Estados Unidos desde quinta-feira, R10 se juntará ao grupo, hoje, para um treino antes do jogo contra o Shakhtar Donetsk. Ontem, ele participou do evento no Magic Kingdom, principal parque da Disney World, representando o Tricolor, dando autógrafos e recepcionando os torcedores.
– Será um prazer rever meus antigos companheiros, diretores, funcionários. Fiz grandes amigos no Flu. É uma chance muito bacana. Sempre que entro em campo, quero ser competitivo. Mesmo não fazendo parte do grupo, vou procurar fazer o meu melhor – disse o jogador, que rechaçou a possibilidade de voltar a ser jogador do Fluminense:


– Não, não. É fazer o combinado e está tudo certo. O combinado é disputar esses dois jogos, levar o nome do Flu para outro lugar. A princípio, minha ideia é disputar os dois jogos e depois fazer uma série de viagens para divulgar minha escolinha de futebol pelo mundo.

Resta saber se esta parceria devolverá com juros e correção todo o investimento feito pelo Fluminense para contratar Ronaldinho.