Douglas deve retornar ao time diante do Atlético-MG (Foto:Mailson Santana/Fluminense F.C.)

Douglas mostra habilidade com a bola nas Laranjeiras (Foto:Mailson Santana/Fluminense F.C.)

LANCE!
15/09/2016
10:20
Rio de Janeiro (RJ)

A mudança de postura do Fluminense atuando dentro do Giulite Coutinho é clara em relação aos jogos fora de casa, como no Clássico Vovô disputado na Arena Botafogo, a última derrota do Tricolor das Laranjeiras no Brasileirão. Para
o volante Douglas, que marcou um dos gols da vitória sobre o Atlético-MG em Edson Passos, na segunda-feira, a atmosfera criada pela torcida é o diferencial da nova casa do Flu.

– Lá nós jogamos à vontade dentro de campo, e a torcida joga na arquibancada com a gente. Os torcedores ficam bem próximos, é um caldeirão. Esperamos conseguir uma vitória em casa – comentou Douglas.

Parte do elenco principal do Fluminense desde 2015, Douglas fez seu 43 jogo pelo clube diante do Galo, e marcou seu primeiro gol com a camisa tricolor. Nesta quarta-feira, após o treino nas Laranjeiras, o volante ressaltou a felicidade por balançar as redes.

– Muito importante para mim. Ficará marcado na minha carreira – comentou o jogador de 19 anos.

Há duas semanas, o volante Douglas "abandonou" a camisa número 27, que usava desde que integrou o elenco profissional, e passou a usar a camisa 13. O jogador explicou porque optou pela mudança.

– Eu jogava com a 13 no futsal do Fluminense, além de ser minha data de nascimento. Falei na minha casa que iria fazer o gol, e fiz – afirmou Douglas, que nasceu no dia 13 de janeiro de 1997 e chegou ao futsal das Laranjeiras.