LANCE!
16/12/2016
18:09
Rio de Janeiro (RJ)

O Flamengo está interessa em Conca e negocia o empréstimo do jogador junto ao Shanghai SIPG, da China. O assunto agitou o vaivém e está gerando muitos comentários, principalmente sobre as condições do meia argentino, que se recupera de grave lesão no joelho. Por conta disso, Michael Simoni, ex-médico do Fluminense, que trabalhou com o jogador no clube, fez um post no Facebook questionando as condições do atleta.

- O jogador operou o joelho esquerdo pela segunda vez aos 33 anos. Enxerto para ligamento cruzado anterior, sutura meniscal, dois meses de muletas sem carga. Volta quando? Volta como Mesmo nível? Respostas complicadas - escreveu Simoni.

Ao blog Extracampo, da jornalista Marluci Martins, do jornal 'Extra', Simoni explicou o sua postagem.

- O objetivo do meu post foi um só: cobrar critérios, critérios técnicos. Não duvido da capacidade de ele, um jogador que se cuida e é obstinado, retornar, mas é impossível fazer uma previsão concreta. Acho, sim, ele capaz de jogar. E bem. Confio nele e na sua capacidade. Mas medicina é estatística e deve-se analisar os índices de retorno antes de qualquer investimento. Isso não é duvidar. É ser profissional - disse ao blog.

Confira a publicação de Michael Simoni na íntegra:

"Muito blá blá blá sobre o Conca. Obviamente, quando um jogador como o Conca é especulado no Flamengo, gera reações mistas. No entanto o dirigente sério tem que avaliar muito bem como investir, principalmente altas quantias. Conca talvez tenha sido o jogador mais importante com quem trabalhei. 38 jogos em um campeonato de 38 jogos. Fantástico. Mas o jogador operou o joelho esquerdo pela segunda vez aos 33 anos. Enxerto para ligamento cruzado anterior, sutura meniscal, dois meses de muletas sem carga. Volta quando? Volta como? Mesmo nível? Respostas complicadas. Medicamente falando, dizer que ele volta em março ou em abril ou em fevereiro é brincar de Nostradamus. Pode dar certo ou não. É ainda uma aposta no escuro? É craque com certeza, mas se vai voltar a jogar no mesmo nível, só o tempo vai dizer. Torço que sim, porque gosto da pessoa e admiro o que ele representa para o Flu. Mas quem for contratar e investir milhões deve fazer com responsabilidade e ciente dos riscos"