LANCE!
20/05/2017
07:00
Rio de Janeiro (RJ)

É preciso seguir em frente. Com isso em mente, o Flamengo volta à ativa na noite deste sábado, contra o Atlético-GO, às 19h, no Serra Dourada, em Goiânia (GO), pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. O Rubro-Negro carioca tenta juntar os casos após a traumática eliminação na Libertadores. O discurso no clube é de 'lamber as feridas' e voltar mais forte.

O diretor de futebol do Flamengo, Rodrigo Caetano, almeja voltar à Libertadores o quanto antes.

- Cabe a nós lambermos nossas feridas. Tivemos uma reunião importante e proveitosa, porque o Flamengo passa a ser avaliado de acordo com a reação que terá. Temos Brasileiro, Copa do Brasil, e a obrigação do Flamengo é voltar à Libertadores. Nosso entendimento é que a presença constante no torneio mais importante da América permitirá que voltemos a conquistá-lo - disse o dirigente.

O Flamengo empatou na abertura do Campeonato Brasileiro com o Atlético-MG, em 1 a 1, no Maracanã. O time de Zé Ricardo foi o terceiro colocado na edição do ano passado e precisa somar pontos para figurar entre os primeiros colocados. Se há um lado positivo na eliminação da Libertadores, é que o Rubro-Negro estará concentrado na disputa pelo título nacional, enquanto os outros dois times também apontados como favoritos - Galo e Palmeiras - dividem as atenções com o torneio sul-americano.

Recentemente, o Flamengo também empatou com o Atlético-GO, mas em 0 a 0, no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. Naquela ocasião, o Rubro-Negro atuou com um time misto e não teve uma atuação. O duelo da noite de hoje servirá como um bom parâmetro do que está por vir na próxima quarta-feira, no jogo de volta da disputa mata-mata.