Minotauro - Brasil Game Show

Minotauro acabou caindo na semifinal do torneio de Street Fighter na BGS (Foto: Jonathan Mello/Divulgação)

LANCE!
14/10/2017
10:15
São Paulo (SP)

O lutador Minotauro é um dos maiores ícones do MMA brasileiro. Sua carreira dentro dos ringues sempre foi incontestável, mas e fora deles? O empenho nos treinos e a habilidade nos golpes ainda prevalecem em alguns momentos, como na hora de jogar videogame, um dos seus passatempos preferidos e que pode virar coisa séria. Na última sexta-feira ele mostrou a habilidade no joystick durante a Brasil Game Show, a maior feira de games da América latina com um clássico que já serviu de inspiração para muitos lutadores: Street Fighter!

A ação reuniu outras celebridades no Desafio Uber, que organizou durante o evento um campeonato de Street Fighter, no qual o vencedor entregaria R$ 50 mil reais em créditos Uber para o GRAAC, que usará o prêmio para transportar crianças com câncer ao tratamento. Os atores Caio Castro e Agatha Moreira, a apresentadora Palmirinha e os influenciadores digitais Cauê Moura, Lorelay Fox e Foquinha foram outras personalidades que tiveram de enfrentar os golpes de Minotauro.

- Sempre gostei de jogar games de luta. Em algumas vezes eu usava o videogame para estudar alguns golpes. Pena que não deu tempo de me preparar melhor para esse desafio, mas estou pronto - disse Minotauro, antes de subir ao “novo” ringue.

A expectativa do público para ver como o lutador de MMA se comportava no mundo virtual era grande, mas desta vez ele não conquistou o cinturão. O primeiro confronto foi inusitado, contra a apresentadora e cozinheira Palmirinha. Não teve zebra e Minotauro avançou para a próxima fase.

Mas a trajetória de campeão desta vez não ganhou tom épico no mundo virtual. O lutador acabou derrotado nas semifinais para o youtuber Cauê Moura, muito mais acostumado ao ambiente dos gamers.

- Deu a lógica, já que sou o único nerd do rolê - comemorou Cauê, que acabou vencendo o campeonato.

Fica o caminho para Minotauro: com o mercado de e-sports e games em ascensão e o sucesso no evento que reuniu cerca de 300 mil pessoas, ele já pode começar a sonhar em trilhar o mesmo caminho de Wendell Lira, jogador de futebol brasileiro que venceu o Prêmio FIFA Ferenc Puskás de gol mais bonito de 2015 e largou a carreira para virar um jogador de videogame profissional.

- Verdade que ele largou o futebol para jogar videogame? Realmente esse é um mercado que está crescendo, isso é incrível - concluiu Minotauro.