Gabriel Carneiro e Rodrigo Vessoni
31/08/2016
07:00
São Paulo (SP)

Entre vendas, liberações gratuitas e empréstimos, o Corinthians "abriu mão" de 20 jogadores ao longo desta temporada, e arrecadou um valor próximo de R$ 125 milhões com todas as transferências. O último jogador a deixar o elenco do Timão foi o volante Elias, de 31 anos. Nesta terça-feira, o clube liberou seu camisa 7 para viajar a Portugal, onde defenderá o Sporting pelas próximas temporadas. O negócio renderá 3 milhões de euros (R$ 10,8 milhões) ao clube brasileiro, que recentemente também se desfez de André, Bruno Henrique e Luciano.

O Corinthians não fez jogo duro para liberar Elias, e conduziu as negociações anteriores da mesma forma. Com Bruno Henrique, que também era titular, por exemplo, o clube foi à imprensa relatar que o volante não aceitou as propostas de renovação contratual realizadas desde abril de 2016 e manifestou desejo de ser vendido ao Palermo (ITA). Por 4 milhões de euros (sendo 25%, ou R$ 3,6 milhões), o Corinthians negociou o jogador.

- No começo do ano perdemos vários jogadores, mas trouxemos nove. Ninguém chegou ontem, todos chegaram em início de temporada. Essa oscilação faz parte do trabalho, não deu liga. Quem sai agora são coisas pontuais e quem está chegando pelo mesmo motivo pontual. Mas o Corinthians é um clube grande, tem responsabilidade na pessoa do presidente, que sou eu. Não faria loucura para deixar o clube desgovernado - esclareceu Roberto de Andrade, na última semana.

Até agora, o Corinthians vendeu Gil (Shandong Luneng, da China), Felipe (Porto, de Portugal), Ralf (Beijing Gouan, da China), Bruno Henrique (Palermo, da Itália), Elias (Sporting, de Portugal), Jadson (Tianjin Quanjian, da China), Renato Augusto (Beijing Gouan, da China), Malcom (Bordeaux, da França), Vagner Love (Monaco, da França), André (Sporting, de Portugal) e Alexandre Pato (Villarreal, da Espanha). Além disso, liberou gratuitamente Edilson (Grêmio) e Matheus Pereira (Empoli, da Itália) e emprestou Douglas (Grêmio), Moisés (Bahia), Marciel (Cruzeiro), Maycon (Ponte Preta), Alan Mineiro (América-MG), Luciano (Leganés, da Espanha) e Mendoza (New York City, dos Estados Unidos).