Ralf no CT do Corinthians

Ralf atendeu torcedores do Corinthians durante visita ao CT nesta sexta-feira (Foto: LANCE!Press)

Gabriel Carneiro
18/11/2016
19:16
São Paulo (SP)

Jogador do Corinthians entre outubro de 2009 e dezembro de 2015, o volante Ralf defende o Beijing Gouan, da China, apenas desde o início da temporada, mas já sentiu saudades dos velhos companheiros. Nesta sexta-feira, o jogador de 32 anos aproveitou as férias do futebol asiático e fez uma visita ao CT Joaquim Grava. Ele cumprimentou jogadores e funcionários, atendeu torcedores que acompanhavam o treinamento e até conversou rapidamente com a imprensa.

Mesmo fora do Timão há quase um ano, o ex-camisa 5 ainda tem forte identificação com a torcida alvinegra e amizade com alguns jogadores. Ele, inclusive, acredita que o Corinthians conseguirá espantar o mau momento de quatro jogos sem vencer na temporada e reagir.

- Eu sei que o momento é delicado, mas o clube tem nome, tem um grande treinador, um elenco muito forte e com certeza vai dar conta do recado e sair dessa situação. A gente acompanha ainda, mas só através de parentes e internet. Hoje vim só para visitar, rever os amigos. Estava com saudades - disse o jogador, que está de férias na China há duas semanas.

Campeão brasileiro no ano passado e anteriormente presente nas conquistas de outros torneios muito importantes, como a Libertadores e o Mundial de 2012, Ralf fez falta ao oscilante time de 2016. Por isso, a torcida usa as redes sociais e os contatos pessoais para pedir por sua volta. Ele não descarta.

- Me pedem para voltar, sim, mas eu não sei o dia de amanhã, não posso falar que não voltarei. Só entrego na mão de Deus. Sei que estou feliz na China, estou defendendo as cores do Beijing Guoan hoje, e vivo muito bem. Mas Deus faz o que achar melhor, e se for para um dia voltar eu com certeza ficarei muito feliz também - disse o volante.