Douglas e Alan Mineiro - Corinthians

Eduardo Ferreira, entre Alan Mineiro e Douglas, falou sobre as negociações do Timão (Foto: Guilherme Amaro)

LANCE!
08/01/2016
13:09
São Paulo (SP)

Após as saídas de jogadores que foram titulares na campanha do hexacampeonato no ano passado, o Corinthians corre para reforçar o elenco para a temporada. Se na quinta-feira o presidente Roberto de Andrade falou que já havia discutido cerca de 60 jogadores com a diretoria, o diretor adjunto de futebol Eduardo Ferreira afirmou nesta sexta que o número já aumentou para cem.

- Ontem (quinta-feira), Roberto (de Andrade, presidente) disse que vimos de 50 a 60 nomes. Hoje, são quase 100. Mas tem aqueles três, quatro nomes que trabalhamos já endireitados. Quem sabe não fechamos nos próximos dias – afirmou o dirigente., que negou o interesse em contratar o meia Everton, do Flamengo.

- Não é o Everton e, quem for, não vamos falar. Com Marquinhos, a negociação está parada – disse, referindo-se a Marquinhos Gabriel.

A ideia da diretoria é reforçar o meio e o ataque, depois das saídas de Jadson, Renato Augusto e Vagner Love. Se Gil ou Felipe também deixar o Parque São Jorge, um novo zagueiro deve ser contratado.

O Timão já perdeu Edu Dracena, Ralf, Renato Augusto, Jadson e Vagner Love. Além deles, Cássio, Gil e Elias também podem sair. Entretanto, a diretoria alvinegra teve uma trégua no último dia e pôde ficar em paz, como disse o diretor adjunto de futebol.

- Por incrível que pareça, nesta semana são as primeiras 24 horas que não convivemos com sondagens. Tudo sobre Gil, Cássio e Elias foi sondagem. Para o clube, nada oficial. Eles seguem normalmente - declarou Eduardo Ferreira.

O Corinthians já contratou cinco jogadores para esta temporada: Douglas, goleiro que estava no Bragantino; Vilson, zagueiro que era da Chapecoense; Moisés, que já era do Timão e estava emprestado ao Bragantino; Malone, meia-atacante que defendeu o Sport em 2015; Alan Mineiro, meia-atacante que também estava no Bragantino.