Tite orienta a equipe durante treino (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Tite orienta a equipe durante treino (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Bruno Cassucci e Gabriel Carneiro*
05/03/2016
07:25
São Paulo (SP)

O Corinthians segue invicto em jogos oficiais na temporada. Mas, em processo de reestruturação, comete erros. E não são poucos. Prova disso é que a equipe comandada por Tite é a que mais desperdiça passes no Paulistão.

Segundo o Footstats, o Timão já errou 366 passes no Estadual, média de 52,3 por jogo. O problema já foi detectado pela comissão técnica e pelos atletas alvinegros, que encaram a situação com naturalidade. Além do óbvio desentrosamento dos jogadores que ainda estão se conhecendo, sobretudo os recém-contratados, os corintianos apontam um outro “culpado” pelo problema:

– Há um fator importante: nosso time propõe muito o jogo. Quem tem a bola nos pés e tenta atacar, erra mais consequentemente. Vamos melhorar, tem jogadores novos inteligentes e técnicos chegando, se conhecendo. Vamos evoluir aos poucos – disse Rodriguinho, ao LANCE!.

A teoria do meia se comprova quando analisados os números do Brasileirão do ano passado. Embora desse a impressão de que não falhava, o Corinthians campeão brasileiro também errava muitos passes e foi o líder do quesito na competição. No entanto, a média era mais baixa que a atual: 44,3 por partida.

O Timão é segundo que mais toca a bola neste Estadual, perdendo apenas para o Osasco Audax.

Perfeccionista, o técnico Tite tenta corrigir essas falhas e também as de finalizações. Quase que diariamente o elenco corintiano treina troca de passes em campo reduzido e sob pressão. A ideia é chegar na reta final do Campeonato Paulista e na fase mata-mata da Copa Libertadores com o pé mais calibrado.

Contudo, o treinador encara os erros como algo normal e até inevitável. Mesmo assim, a meta é evoluir:

– Isso precisa ser treinador. Acertando todas as jogadas de criação, seremos o time da Lua, com um técnico extraterrestre. Isso é possível? A gente vai por etapas, construindo essa situação – comentou Tite.

- Erros em finalizações também incomodam:

Além do número de passes errados ser o maior entre todos os times do Campeonato Paulista, outra estatística negativa tem preocupado a comissão técnica neste momento de reestruturação do Corinthians. No Estadual, o Timão é o décimo time que mais erra finalizações, com 52 ao todo – o time mais pé torto é o Ituano, que errou 70 chutes em sete jogos.

Nos mesmos sete compromissos, o Timão tem uma média de 7,4 finalizações erradas por jogo, e os números apresentados nas últimas rodadas preocupam. Contra o São Bento foram 16 chutes e apenas dois em direção ao gol. Já diante do Oeste foram 17 finalizações e só quatro deram algum trabalho ao goleiro adversário. Por fim, na última quarta, pela Libertadores, três de 11 finalizações saíram corretas. No total, são 50 finalizações em três jogos, com apenas nove corretas e três gols feitos.

Na última sexta-feira, Tite comandou cerca de meia hora de um treinamento focado em finalizações, e tem repetido esta atividade semanalmente no CT.

*Colaborou Alexandre Guariglia