Bruno Cassucci
27/11/2016
16:06
São Paulo (SP)

O presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, seguirá internado neste domingo no Hospital Albert Einstein do Morumbi. Embora tenha apresentado melhora, o mandatário continuará recebendo cuidados especiais e pode ter alta nesta segunda-feira.

Ele sofreu com dores no peito na noite de sexta-feira e então foi hospitalizado. Após exames, o dirigente teve diagnosticada uma angina, que é provocada pela falta de irrigação de sangue no coração.

Roberto de Andrade deu entrada na unidade de Alphaville do Einstein, mas no sábado foi transferido para a do Morumbi. Ele é atendido pela equipe do cardiologista Dante Senra.

Chegou a ser cogitada a inserção se um um stent (prótese para expandir as artérias), mas não será necessário.

Pessoas próximas ao presidente alvinegro disseram que ele já havia se sentido mal há algumas semanas, mas não deixou o caso se tornar público.

Em nota, o Albert Einstein informou: "O senhor Roberto de Andrade Souza encontra-se internado no Hospital Israelita Albert Einstein desde o dia 26 de novembro. O paciente segue internado para investigação clínica. O estado de saúde é estável."

Andrade vive momento turbulento no comando corintiano. Na última terça-feira foi aberto processo de impeachment contra o presidente, que tem mandato até fevereiro de 2018. Além da má fase do time em campo, ele é contestado por assuntos relativos à Arena e às finanças do Timão.