LANCE!
26/11/2016
23:48
São Paulo (SP)

O empate com o Atlético-PR deixa o Corinthians em situação delicada no Brasileirão. Estacionado na sétima posição, o time alvinegro irá para a última rodada precisando não só vencer o Cruzeiro, mas torcer por tropeços de Atlético-PR e Botafogo, para conseguir uma vaga na Libertadores de 2017. Após a partida, os atletas reconheceram ter feito uma partida superior à do Furacão, mas lamentaram os gols perdidos e a dependência dos resultados paralelos. 

- Não dependemos mais só da gente, vamos ter que torcer, infelizmente. Temos que conseguir a vaga. A equipe está evoluindo, se mostrarmos esse futebol de hoje (sábado), a gente consegue, mas precisa fazer os gols. Fomos eficazes na defesa, o Atlético mal finalizou, a bola não queimou no pé, mas infelizmente o gol não saiu - avaliou o goleiro Walter. 

Fagner, por sua vez, se mostrou "entusiasmado" com o desempenho da equipe em Itaquera e reiterou a importância de o Corinthians fazer sua parte contra o Cruzeiro no próximo fim de semana. 

- Fico feliz pela maneira como a equipe se comportou. Não ficamos atrás, buscamos pressionar, o Atlético só deu um chute. Infelizmente, o resultado a gente não consegue controlar. Temos que trabalhar para fazer um grande jogo no próximo domingo. De qualquer forma teríamos que jogar para ganhar, mesmo se tivéssemos vencido - avaliou o lateral.

- É continuar trabalhando. Ficou um ponto de diferença, temos um jogo difícil fora. Vamos buscar essa vitória. Foi um ano meio complicado, muitas mudanças aconteceram. Temos de tentar um grande jogo agora para conseguir nosso objetivo - acrescentou o jogador alvinegro. 


Sobre as vaias ao fim da partida, o goleiro Walter disse que é normal a cobrança em um clube como o Corinthians e reafirmou o otimismo dos jogadores de garantir uma vaga no torneio continental. 

- Teve pressão, assim como foi contra o Inter. Pressão para conseguir a vaga, que é muito importante para a gente. Aqui no Corinthians tem que ter resultado bom, senão a cobrança vem. Mas estamos vivos, eles podem perder e a gente pode ganhar. Temos que absorver as críticas, torcer e fazer nossa parte - concluiu o arqueiro.

O Timão enfrentará o Cruzeiro no próximo domingo, às 17h (de Brasília), no Mineirão. No mesmo dia e horário, o Botafogo visita o Grêmio na Arena, enquanto o Atlético-PR recebe o Flamengo na Arena da Baixada.