Corinthians - Yago e Felipe (foto:Marco Galvão/Fotoarena/Lancepress!)

Zagueiros do Corinthians formam dupla afinada nesta temporada (Foto:Marco Galvão/Fotoarena/Lancepress!)

Gabriel Carneiro
23/03/2016
08:30
São Paulo (SP)

Yago tem escutado calado os elogios feito por torcedores, mídia e até pelo técnico Tite ao paraguaio Balbuena, contratado por R$ 6 milhões do Libertad e utilizado em cinco jogos na temporada. Com o dobro de jogos do novo concorrente em 2016 e quatro anos a mais de serviços prestados, o jogador de 23 anos segue como titular, e assim será novamente nesta quarta-feira, às 21h, contra o São Bernardo, pela 11 rodada do Paulistão, duelo fora de casa.

No Primeiro de Maio, Yago colocará à prova uma estatística que pesa a seu favor na disputa por espaço com Balbuena. A dupla com Felipe, que é o único incontestável na zaga atualmente, simplesmente não sofreu gols nesta edição do Estadual. Foram quatro jogos juntos até agora, contra XV de Piracicaba, Audax, São Paulo e Oeste. Ao todo, cinco gols marcados e nenhum sofrido.

Já quando a dupla acabou desfeita...

Nos quatro jogos em que o Corinthians sofreu gols no Paulistão, as duplas de zaga eram as seguintes: Felipe e Vilson (Capivariano), Vilson e Yago (Ferroviária), Felipe e Balbuena (São Bento) e Balbuena e Yago (Santos). Além dos quatro jogos com a dupla invicta, o Corinthians também não sofreu gols diante do Botafogo (jogou com Felipe e Balbuena) e Linense (a dupla foi formada com Vilson e Balbuena).

O Corinthians hoje é dono da melhor defesa do Campeonato Paulista, tendo sofrido apenas seis gols nas dez primeiras rodadas. A lógica só não se repete na Libertadores, torneio em que o Timão sofreu três gols do Cerro Porteño no Paraguai, com a dupla de zaga formada justamente por Felipe e Yago. Apesar desse resultado, o Corinthians ganhou todos os outros compromissos pelo torneio continental e lidera o Grupo 8.

– Os dois estão jogando muito, mas o Yago está jogando mais – explica Tite, que apostou no camisa 3 como titular após a saída de Gil para o futebol chinês, na pré-temporada.

Nesta quarta, Balbuena não entra em campo por estar a serviço da seleção do Paraguai, e assim será nas duas próximas rodadas do Paulistão. Tempo para Yago se firmar definitivamente como titular, e ainda provar que a dupla ideal de zaga para 2016 é a que o torcedor já conhece.