Bruno Cassucci
28/09/2016
23:43
São Paulo (SP)

A força do time não é a mesma, o público diminuiu e a fase já foi melhor, mas em Itaquera a Fiel torcida ainda pode dizer: aqui é Corinthians! Depois de duas derrotas na Arena em oito dias (para Palmeiras e Fluminense), algo incomum na curta história do estádio, o Timão voltou a mostrar força em casa e bateu o Cruzeiro por 2 a 1, em duelo de ida das quartas de final da competição.

E o triunfo só foi possível graças ao novo "rei" de Itaquera. Romero participou dos dois gols e tornou-se o maior artilheiro da Arena, ao lado de Guerrero, com 15 tentos. Mesmo escalado centralizado, em função que não é sua predileta, o paraguaio teve boa atuação, mostrou bom posicionamento, balançou as redes uma vez e, em dividida, forçou o zagueiro Léo a marcar contra.

Os gols alvinegros saíram com 1 e 8 minutos do segundo tempo, etapa na qual os donos da casa jogavam melhor até Robinho descontar para a Raposa, aos 32. O gol dos visitantes não só fez com que o placar refletisse melhor o que foi a boa e equilibrada partida, como também deixou o duelo da volta abertíssimo. O Cruzeiro caiu em Itaquera, mas é muito cedo pra dizer que já era.


A equipe mineira, aliás, começou melhor e deu trabalho ao Timão, como já havia sido pelo Brasileirão, no Pacaembu (empate por 1 a 1). Embora compacto, o Corinthians era envolvido por trocas de passes do rival, que acertou o travessão com Willian.

Por sua vez, o time de Fabio Carille, "afilhado" de Mano Menezes, também criava boas chances, como as duas mal finalizadas por Rodriguinho, de dentro da área.

A Arena, que novamente teve recorde negativo de público (18.796 pagantes), merecia audiência melhor para ver a 60ª vitória corintiana em casa. Quem foi, porém, cantou alto, fez valer o bom retrospecto alvinegro em Itaquera e viu o Timão largar na frente em busca de uma vaga na semifinal.

Agora, os times terão de esperar até 19 de outubro para o duelo de volta, no Mineirão. Até lá, ambos tentarão se reerguer no Brasileirão.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 2 X 1 CRUZEIRO

Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Data-Hora: 28/9/2016 (quarta-feira), às 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO)
Auxiliares: Fabrício Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Bruno Raphael Pires (Fifa-FO)
Público/renda: 18.796 / R$ 961.342,00
Gols: Léo (contra) 1' 2ºT (1-0); Romero 8' 2ºT (2-0) e Robinho 32' 2ºT (2-1)

CORINTHIANS: Walter; Fagner, Yago, Balbuena e Guilherme Arana; Camacho; Marlone (Rildo, aos 42' 2ºT), Marquinhos Gabriel, Giovanni Augusto e Rodriguinho (Willians 32' 2ºT); Romero (Lucca, aos 38' 2ºT). Técnico: Fábio Carille

CRUZEIRO: Rafael; Lucas, Manoel, Léo e Edimar; Henrique, Ariel Cabral (Arrascaeta 15' 2ºT), Robinho e Rafinha; Rafael Sobis (Ábila, aos 26' 2ºT) e Willian (Alisson, aos 28' 2ºT). Técnico: Mano Menezes