Follmann, Chapecoense

Follmann realizou uma cirurgia na coluna na última terça-feira (foto:Divulgação/Chapecoense)

RADAR/ LANCE!
14/12/2016
15:00
Chapecó (SC)

O primeiro sobrevivente da tragédia na Colômbia a chegar em São paulo, o goleiro Jackson Follmann passou por uma cirurgia na coluna vertebral na tarde de terça-feira, no hospital Albert Einstein em São Paulo. O processo cirúrgico durou três horas e tudo correu bem. O atleta deve voltar à Chapecó até esse sábado, segundo a diretora do Hospital Unimed da cidade, Carolina Ponzi:

- Entre sexta e sábado ele estará aqui também ao que tudo indica.

Follmann deverá passar pelo mesmo processo que Alan Ruschel e o radialista Rafael Henzel, ficando em isolamento, procedimento padrão para evitar que pacientes transferidos de outros hospitais, transmitam bactérias para os outros pacientes, como explicou Carolina:

- A gente faz um rastreamento, do ponto de vista microbiológico, para saber se algum outro germe multirresistente. Esses exames demoram de 24 a 48 horas para ficarem prontos. Então, nesse período o Alan fica em isolamento preventivo e o Rafael, que tem o germe multirresistente, vai ficar em isolamento até o final de sua internação.

O último sobrevivente resgatado com vida, o zagueiro Neto, permanece na Colômbia e tem previsão para retornar ao Brasil nessa quinta-feira pela manhã. O quadro do jogador é estável e evolui a cada dia, de forma favorável, como garante o ortopedista da Chape, Carlos Mendonça:

- Estamos começando a pensar em levar ele pra casa. A expectativa é de que isso aconteça quinta-feira. Iniciamos o processo de coordenação, conversamos com o pessoa da FAB.