Russel Dias
15/06/2016
22:58
Santos (SP)

Talvez a CBF não conte o dia 15 como um dia de trabalho para o novo técnico Tite na Seleção Brasileira. Mas Gabriel e Lucas Lima devem discordar. No retorno da dupla ao Santos, foi dos pés deles que saíram os gols da vitória do Peixe sobre o Sport, por 2 a 0, nesta quarta, no reencontro com a Vila Belmiro.

O camisa 10 começou jogando, enquanto que o camisa 20 entrou no intervalo. Apesar da ausência do meia, o que o Alvinegro mais fez nos primeiros 45 minutos foi criar. Só na primeira etapa foram oito chances claras de gol, sendo três desperdiçadas pelo atacante Joel. No intervalo, Dorival não teve dúvidas, sacou o camaronês para colocar o maestro santista.

Em um primeiro momento, a alteração pareceu ter dado errado. O Peixe perdeu referência e deu campo para o Sport contra-atacar.

O que era para ser um jogo fácil, virou preocupação na Vila Belmiro. Diego Souza e Gabriel Xavier incomodaram Vanderlei, além da dupla de zaga santista, formada por Luiz Felipe e Gustavo Henrique cometer erros de tirar suspiros dos 4.937 pagantes presentes na Vila Belmiro.

E quando o torcedor já começava a reclamar de tudo, a dupla da Seleção resolveu mandar um recado para Tite. Se mudar é preciso na CBF, eles quiseram dizer que não serão eles as ausências nas convocações.


Aos 20 minutos, em jogada iniciada por Caju, Lucas Lima recebeu a bola na esquerda e cruzou para Gabriel, que em uma espécie de dividida com Magrão, empurrou a bola para o fundo das redes. Na comemoração, Gabigol repetiu o gesto feito por Lucas Lima a Daniel Alves e deu o joelho para o meia “limpar a chuteira”. Mas nem isso significou paz.

Oito minutos depois, o atacante Edmilson passeou pela defesa santista e saiu na cara de Vanderlei. O camisa 17 tentou chutar alto e acabou desperdiçando para o Sport.

No fim, Gabigol teve tempo de lançar Vitor Bueno, que ganhou de Magrão e, atrapalhado, deu um carrinho para a bola passar a linha do gol.

Com a vitória, o Peixe encosta no rival Corinthians com 13 pontos, mesma pontuação do São Paulo, mas dorme no G4. O Leão da Ilha permanece com cinco pontos e na zona de rebaixamento.

FICHA TÉCNICA
SANTOS 2 X 0 SPORT


Data: 15/6/16
Local: Vila Belmiro, Santos (SP)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Lucio Flor e Fabiano da Silva Ramires
Público/renda: 4.937 pagantes / R$ 123.620,00
Cartões amarelos: Gustavo Henrique (Santos); Edmilson e Oswaldo (Sport)
Gols: Gabigol, 20'/2ºT (1-0); vitor Bueno, 42'/2ºT (2-0)

SANTOS: Vanderlei, Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Caju (Yuri - 40'/2ºT); Thiago Maia, Renato, Léo Cittadini (Paulinho - 17'/2ºT) e Vitor Bueno; Gabigol e Joel (Lucas Lima - intervalo). Técnico: Dorival Júnior.

SPORT: Magrão, Samuel Xavier, Oswaldo, Durval e Renê; Rithely, Luiz Antonio (Rodrigo Mancha - 24'/1ºT), Gabriel Xavier (Clayton - 35'/2ºT) e Diego Souza; Everton Felipe e Edmilson (Lenis - 35'/2ºT). Técnico: Oswaldo de Oliveira.