América-MG x Cruzeiro

Arrascaeta deixou sua marca no clássico mineiro (Foto: Andre Yanckous/AGIF)

RADAR/LANCE!
08/09/2016
22:53
Belo Horizonte (MG) 

Na noite desta quinta-feira, o Cruzeiro bateu o América Mineiro por 2 a 0, no Estádio Independência, e conseguiu chegar ao sexto jogo seguido sem derrota na competição nacional. No clássico, Arrascaeta e Ábila, que marcou seu nono gol em 11 jogos, fizeram os gols que deram a vitória para a Raposa. Esta foi a sétima partida seguida em que o camisa 50 balançou as redes. 

Com o triunfo desta quinta-feira, o Cruzeiro foi para a 12ª colocação na tabela do Brasileirão com 29 pontos conquistados, em 23 partidas disputadas. O América Mineiro segue na lanterna da competição com apenas 13.

No final de semana, o Cruzeiro vai encarar o Botafogo no Mineirão, às 16h de domingo, em confronto válido pela 24ª rodada da Série A. No mesmo dia, o América Mineiro vai até Campinas encarar a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, às 18h30.


O JOGO 


O clássico mineiro começou disputado e com as duas equipes tentando dominar o meio de campo nos primeiros minutos. Aos 10, a Raposa assustou com Ariel Cabral de fora da área. No minuto seguinte, Bruno Rodrigo subiu mais que todo mundo e mandou com perigo para João Ricardo. O América respondeu com Pablo, mas a bola saiu sem direção.

Com o jogo apertado, o Cruzeiro soube aproveitar o vacilo da zaga adversária para abrir o placar com Arrascaeta. Bola sobrou para o uruguaio que cortou o zagueiro e só tirou do goleiro para marcar. Perdendo, o Coelho foi tentar buscar o empate e Michel teve grande chance, porém Manoel estava atento e chegou para atrapalhar o atacante na hora certa. No fim da primeira etapa, times erravam muito passe e não criaram mais nada até o apito do juiz.

Na volta do intervalo, o América Mineiro quase deixou tudo igual com Jonas, cobrando falta. Arrascaeta continuava sendo o homem mais perigoso em campo e quase ampliou em duas oportunidades para o Cruzeiro. Na primeira, o camisa 10 não pegou como gostaria, e na segunda Alison cortou em cima da linha, evitando um golaço no Independência.

Aos 24, a Raposa conseguiu ampliar o placar com Ábila. Alisson deu um belo passe para o atacante empurrar para o fundo das redes de primeira. Nono gol em 11 partidas do camisa 50 pelo Cruzeiro. O Coelho quase diminuiu pouco tempo depois com Osman, porém o atacante não conseguiu alcançar a bola na hora do chute. O América bem que tentou, mas o sistema defensivo celeste estava bem e não vacilou até o final, garantindo os três pontos. 

FICHA TÉCNICA
AMÉRICA-MG 0 X 2 CRUZEIRO

Data-Hora: 08/09/16 - 21h (de Brasília)
Estádio: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Igor Benevenuto (MG)
Assistentes: Pablo Almeida da Costa (MG) e Celso Luiz da Silva (MG)
Cartões Amarelos: Jonas (AMG); Ábila e Bruno Rodrigo (CRU)
Cartão vermelho: Não houve.
Público e renda: 5.651 Pagantes e R$143.560.00
Gols: Arrascaeta, 20'/1º (0-1); Ábila, 24'/2ºT (0-2)

AMÉRICA MINEIRO: Joao Ricardo; Jonas, Alison, Sueliton e Danilo Barcelos; Claudinei, Juninho, Diego Lopes (Ernandes, intervalo) e Pablo; Osman e Michael (Nixon, intervalo). TEC: Enderson Moreira.

CRUZEIRO: Rafael; Lucas, Manoel (Léo, 31'/2ºT), Bruno Rodrigo e Edimar; Henrique, Ariel Cabral (Lucas Romero, 35''/2ºT), Robinho (Alisson, 16'/2ºT), Arrascaeta e Rafinha; Ábila. TEC: Mano Menezes.