Bruno Cassucci e Guilherme Amaro 
08/09/2016
21:55
São Paulo (SP) 

Na goleada do Corinthians por 3 a 0 sobre o Sport, dois jogadores foram fundamentais: Rodriguinho e Marlone. Eles participaram de gols e mudaram a partida no segundo tempo. O Timão teve outros destaques na partida, como Léo Príncipe e Vilson. Confira as notas: 

CORINTHIANS

6,5
CÁSSIO

Embora afoito em alguns lances, foi eficiente quando acionado. Melhor defesa foi em cabeceio de Diego Souza.

7,0
LÉO PRÍNCIPE 

Teve dificuldades na marcação no primeiro tempo e errou cruzamentos. Fez gol graças a ótima movimentação e visão.

7,0
VILSON

Foi o melhor do Corinthians na primeira etapa, com desarmes e bom posicionamento. Atuação coroada com gol.

5,5
YAGO

Atuação ruim, embora o time tenha saído sem sofrer gols. No primeiro tempo errou muito, sobretudo na saída de bola.

6,0
UENDEL

Atuação discreta e eficiente. Com o Sport atacando bastante pelo seu setor, segurou um pouco mais as idas ao ataque.

4,5
CRISTIAN

Fez primeiro tempo muito ruim e foi sacado no intervalo. Errou passes fáceis e deixou espaços às suas costas.

6,0
GIOVANNI AUGUSTO

Lutou bastante, embora não tenha criado tanto. No primeiro tempo, com o time mal, foi um dos que mais buscou o jogo.

6,0
CAMACHO

Bons passes, outros erros e uma atuação regular. Melhorou quando recuado no segundo tempo. Quase fez golaço.

7,5
RODRIGUINHO

Estava mal, mas ajudou a resolver o jogo na etapa final. Fez gol de cabeça e, com rolinho, iniciou a jogada do segundo.

7,5
MARLONE

Outro fundamental para mudar a história do jogo. Correu muito, chamou a responsabilidade e deu duas assistências.

6,0
LUCCA

Abaixo no primeiro tempo, como referência no ataque, melhorou na ponta esquerda. Cruzou para gol de Vilson.

6,0
GUSTAVO

Logo no primeiro lance participou do gol de Rodriguinho. Lutou, abriu espaços e confundiu a marcação do Sport.

5,5
WILLIANS

Entrou com o jogo resolvido, perdeu bola em lance fácil, mas não comprometeu. Apareceu pouco. Ainda sem ritmo.

-
JEAN

Ficou pouco tempo em campo na estreia. Sem nota.

7,5
CRISTÓVÃO BORGES

Foi mal ao escalar Lucca centralizado, mas percebeu o erro e mexeu muito bem no intervalo. Vitória teve o dedo dele.

SPORT

5,0
MAGRÃO

Longe de ser o maior culpado, mas escorregou no primeiro gol. Complicou-se em saída de bola.

4,5
SAMUEL XAVIER

Sofreu com Giovanni Augusto e Marlone.

3,5
MATHEUS FERRAZ

Não acompanhou Léo Príncipe e Vilson nos lances dos gols.

3,5
DURVAL

Também vacilou nos gols.

4,5
RODNEY WALLACE

É atacante e deixou espaços para criarem pelo setor.

5,5
RITHELY

Teve atuação discreta. Não acompanhou Rodriguinho, que marcou.

6,0
NETO MOURA 

Desarmou e não comprometeu nas saídas. Finalizou mal.

5,0
DIEGO SOUZA

Criou só no primeiro tempo e perdeu chance clara de cabeça.

5,5
GABRIEL XAVIER

Outro que foi bem na etapa inicial e desapareceu depois.

5,0
EVERTON FELIPE

Foi quem menos apareceu do sistema ofensivo.

5,5
RUIZ 

Incomodou a defesa corintiana, mas não teve chances para finalizar.

6,0
APODI

Deixou o time mais ofensivo, mas não conseguiu decidir.

6,0
ROGÉRIO 

Entrou e logo saiu o terceiro. Criou e finalizou de longe com perigo.

6,0
EDMÍLSON 

Jogou pouco mais de dez minutos e teve uma chance de cabeça.

5,0
LUIZ ALBERTO

Time "não voltou" para o segundo tempo. Zaga bobeou nos gols.