Russel Dias e Olga Bagatini
29/06/2016
22:03
São Paulo (SP)

Grêmio e Santos fizeram um jogo eletrizante em Porto Alegre. O time gaúcho venceu com um gol no fim depois de ver o adversário reagir no segundo tempo. Do lado santista, o melhor foi o colombiano Copete, que estreou pelo time no segundo tempo e fez um gol de cabeça. Já pelos donos da casa.


6,0
Marcelo Grohe
Pouco exigido até lesões dos zagueiros, não teve culpa nos gols.

7,0
Edílson
Foi muito participativo na criação, com movimentação e velocidade.

6,5
Rafael Thyere
Bem nos desarmes e bolas aéreas até sofrer câimbras e sair.

6,5
Fred
Não deu espaço para o Peixe, mas sentiu dores e baixou ritmo no fim.

6,5
Marcelo Oliveira
Também apoiou ataque, com boa troca de passes. Não comprometeu marcação.

6,5
Walace
Atrapalhou a vida de Lucas Lima e Gabigol. Excelente na transição.

6,5
Jaílson
Teve muita liberdade para subir ao ataque e criar lances perigosos.

8,0
Giuliano
Aproveitou falha do goleiro e abriu placar. Poderia ter ampliado.

8,0
Douglas
Oportunista, aproveitou rebote de Vanderlei e marcou no retorno.

7,5
Everton
Abriu espaços, finalizou, e, nos rebotes, saíram dois primeiros gols.

6,5
Luan
Incomodou a zaga santista. Sobrou vontade, faltou pontaria.

7,5
Marcelo Hermes
Iluminado, entrou no fim para ajudar na defesa e fez o gol da vitória.

6,0
Bobô
Entrou no lugar do lesionado Luan para segurar a vitória, mas pouco fez.


Guilherme Augusto
Entrou no fim. Fica sem nota.

7,0
Roger Machado
Montou time com  marcação alta. Pressionou, e apesar dos  lesionados, conquistou uma vitória importante.

SANTOS

4,5
VANDERLEI

Parece ter falhado no segundo gol, ao espalmar a bola para o meio da área. Foi bastante exigido

5,0
VICTOR FERRAZ

Sofreu com a forte marcação na saída de bola. No ataque, teve chance de finalizar, mas não o fez.

4,5
LUIZ FELIPE

Deixou Luan entrar na área no lance do segundo gol. Assim como Vanderlei, teve atuação questionada. 

5,0
GUSTAVO HENRIQUE

Como toda a defesa, não foi seguro. Ajudou no gol e saiu para deixar o time mais ofensivo.

6,5
ZECA

Na defesa, deixou buracos. Mas compensou com um golaço de fora da área.

6,0
RENATO

O mais responsável em relação à defesa. Abdicou de atacar para fechar espaços. Deixou Luan sozinho na cara do gol.

5,0
THIAGO MAIA

Ao contrário de Renato, também se mandou para o ataque e acabou deixando espaços.

5,0
VITOR BUENO

Sem efetividade, foi substituído por Copete no intervalo. Pouco fez no primeiro tempo.

4,5
LUCAS LIMA

Depois de uma boa atuação contra o São Paulo, caiu de produção e foi indisciplinado fazendo faltas e reclamando.

5,5
GABIGOL

Chamou a responsabilidade e procurou se movimentar. Nas finalizações, não acertou o alvo.

5,0
RODRIGÃO

Saiu pouco da área e esperou mais a bola. Assustou Grohe em apenas uma finalização.

7,0
COPETE

Mudou o jogo. Abriu pelos lados, soube aproveitar as chances e participou dos dois gols.

5,0
YURI

Entrou para deixar o time mais ofensivo, mas acabou ocupando o lugar de Gustavo na zaga. Errou no terceiro.

5,5
JEAN MOTA

Povoou o meio de campo no fim, o que deu mais consistência ao time no setor ofensivo.

5,5
DORIVAL JÚNIOR

Reconheceu que precisava mudar a estratégia no segundo tempo. Mexeu e reagiu. Pagou o preço por avançar o time.