Léo Saueia
29/06/2016
21:29
São Paulo (SP)

Após dez anos longe do topo, o Santos poderia assumir a liderança do Brasileirão se batesse o Grêmio, na Arena, por dois gols de diferença. Time menos vazado do campeonato até então, o Peixe tinha apenas nas estatísticas uma defesa sólida. Com muitas falhas no setor, o Alvinegro perdeu por 3 a 2 para o Tricolor e, além da chance de assumir a liderança, perde também vaga no G4.

Logo no primeiro lance do jogo, a defesa santista mostrou que, apesar dos números, ainda não passa segurança. Everton conduziu a bola sozinho e bateu em cima de Vanderlei, que espalmou para o meio e Giuliano apareceu sozinho para marcar.

Passado o primeiro baque, o Santos se encontrou e teve 66% de posse de bola na primeira etapa. Além de um chute de Lucas Lima travado por Fred, porém, o time de Dorival Júnior pouco criou. E foi castigado pela falta de agressividade.

No apagar das luzes, Luiz Felipe e Victor Ferraz foram facilmente batidos em mais uma falha da zaga e o mesmo Everton bateu. Vanderlei de novo espalmou. Douglas ampliou.

O Peixe foi para o intervalo com a sensação de ter deixado todos os pontos em Porto Alegre. Dorival, porém, acreditava e lançou o estreante Copete na vaga de Vitor Bueno. 

Como tem acontecido nas estreias recentes do Santos, o colombiano debutou balançando as redes. Após cobrança de escanteio de Lucas Lima, Gustavo Henrique desviou e Copete diminuiu. Após pressão do Santos e ousadia de Dorival Júnior, o empate veio com Zeca, em belo e potente chute de fora da área.

Empate justo pelo que as duas equipes produziram na Arena. Mas não é de justiça que vive o futebol.

O Peixe saía em contra-ataque com Lucas Lima, que teve passe interceptado e iniciou o lance que daria números finais à partida. Giuliano limpou o lance e deixou Marcelo Hermes - que entrou na zaga no lugar de Fred - na cara de Vanderlei.

O toque do lateral improvisado na defesa matou o Santos e matou a esperança de assumir a liderança do Brasileirão após uma década.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 3 X 2 SANTOS


Local: Arena do Grêmio, Porto Alegre (RS)
Data-hora: 29/6/2016 – 19h30
Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO)
Auxiliares: Alessandro A. Rocha de Matos (Fifa-BA) e Bruno Raphael Pires (Fifa-GO)
Público/renda: 13.088 pagantes / R$ 363.345,00
Cartões amarelos: Edílson, Douglas Walace (Grêmio); Lucas Lima, Zeca, Yuri (Santos)
Gols: Giuliano, 2'/1ºT (1-0); Douglas, 44'/1ºT (2-0); Copete, 20'/2ºT (2-1); Zeca, 37'/2ºT (2-2) e Marcelo Hermes, 43'/2ºT (3-2).

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edílson, Rafael Thyere (Marcelo Hermes - 27'/2ºT), Fred e Marcelo Oliveira; Walace, Jaílson, Giuliano, Douglas e Everton (Guilherme Augusto - 42'/2ºT); Luan (Bobô - 37'/2ºT). Técnico: Roger Machado.

SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique (Yuri - 21'/2ºT) e Zeca; Thiago Maia, Renato (Jean Mota - 34'/2ºT), Vitor Bueno (Copete - intervalo) e Lucas Lima; Gabigol e Rodrigão. Técnico: Dorival Júnior.