Thiago Perdigão
11/12/2016
19:30
Salvador (BA)

Os reservas do Palmeiras deram conta do Vitória, mesmo ameaçado de rebaixamento e jogando em casa, em tarde inspirada de Alecsandro e do lateral-esquerdo Fabricio. O Verdão venceu por 2 a 1 e fechou o Brasileirão com 80 pontos, segundo melhor campanha da história. Confira as notas:

PALMEIRAS 

5,5
Jailson

Indeciso no gol do Vitória, depois saiu mal em lance que quase originou outro. Depois, não foi testado.

7,0
Gabriel

Improvisado na lateral direita, fez o gol de empate e quase não foi ameaçado pelo seus setor. Boa partida.

6,0
Mina

Sentiu lesão na coxa direita logo no começo do jogo. Antes disso, porém, partida segura como capitão do time.

6,5
Thiago Martins

Quase não foi incomodado. Quando o foi saiu-se bem em quase todos os lances. Jogo tranquilo.

7,5
Fabricio

Ótimo primeiro tempo. Deu sorte na “assistência” para o segundo gol, mas a jogada foi belíssima com drible.

6,5
Thiago Santos

Estava fazendo o de sempre no meio de campo, depois passou a maior parte do jogo como zagueiro. Bem também.

7,0
Tchê Tchê

Incansável como sempre. Marcou e chegou com qualidade à frente. No segundo tempo, ainda puxou os contra-ataques.

6,0
Cleiton Xavier

Não apareceu muito. Até conseguiu bons passes no ataque, mas pouco em um jogo em que poderia ter espaços.

6,0
Erik

Perdeu algumas bolas no ataque e não criou muito. Poderia ter aproveitado melhor a fragilidade do rival.

7,0
Leandro Pereira

Surpreendentemente muito bem pelo lado do campo. Puxou contra-ataques com velocidade e dribles. Criou chances.

7,5
Alecsandro

Emocionado desde antes do jogo, fez seu centésimo gol em Brasileiros em boa partida. Teve gol anulado.

6,0
Matheus Sales

Muito tempo sem jogar e pouco ameaçado pelo rival. Fez a dele com qualidade, mas tomou cartão amarelo.

6,0
Rodrigo

A estreia no ano. Travado, como previsível, apareceu no ataque em lance, mas não soube o que fazer com a bola.

6,0
Artur

Garoto entrou no fim para ter chance de jogar com os campeões. Até apareceu e deu toques de qualidade.

7,5
Téc: Cuca

Time reserva foi muito bem. Jogada ensaiada que resultou em gol anulado foi eficiente. Depois, outra jogada do tipo.

VITÓRIA

5,0
Fernando Miguel

Nada pôde fazer nos dois gol do Palmeiras.

5,0
Diego Renan

Envolvido por Fabricio e Leandro Pereira, sobretudo no primeiro tempo da partida.

5,0
Ramon

Fez o que pôde.

4,5
Kanu
Perdido nos dois gols.

5,0
Euller
Sofreu com as chegadas do Palmeiras. Evitou contra-ataque perigoso.

5,0
William Farias
Palmeiras teve muito espaço no meio de campo.

5,0
Marcelo
Outro que não conseguiu dar suporte à defesa do Vitória.

5,0
Cárdenas
Quase não conseguiu criar. Voltou para buscar a bola e nada fez.

7,0
Marinho
Muito acima de todos os outros jogadores do time. Fez gol, tentou, criou... até reclamou dos companheiros.

5,0
David
Quase não teve o nome citado, pouco pegou na bola. Acabou saindo.

4,5
Zé Love
Até tentou brigar, mas nada muito mais do que isso. Partida fraca.

5,0
Serginho
Entrou no lugar de Cárdenas para criar e não mudou nada.

6,0
Tiago Real
Entrou com, ao menos, mais vontade. Apareceu e tentou algo.

-
Vander
Entrou no fim. Sem nota.

4,5
Téc: Argel Fucks
Time “preguiçoso”. Mesmo com a (pequena) ameaça do rebaixamento. Mexeu e nada mudou.