Bruno Silva (Foto: Vitor Silva / SSPress / Botafogo)

Bruno Silva assistirá decisão da Primeira Liga (Foto: Vitor Silva / SSPress / Botafogo)

Igor Siqueira
19/04/2016
12:22
Rio de Janeiro (RJ)

Enquanto o rival vai estar em campo lutando por um título, o Botafogo vai ficar "de camarote" assistindo ao confronto do Fluminense, pela Primeira Liga. De secador ligando torcendo pelo tropeço do adversário da semifinal? Não, segundo o volante Bruno Silva. Para o meio-campista do Alvinegro, pouco importa para o clássico de domingo se o Flu irá levantar a taça ou tropeçar.

- Ver o jogo nós vamos ver. Torcer para perder ou ganhar, não. Se ganhar, vem motivado. Se perder, vem com obrigação de ganhar. Não vai mudar nada na decisão de domingo. Temos que nos ajustar no que estamos devendo para que não possamos ser surpreendidos, independentemente do resultado de quarta-feira - afirmou o jogador, que deu coletiva nesta terça-feira, após o treino regenerativo dos titulares em General Severiano.

Além de evitar torcer contra o Fluminense, o discurso no Glorioso é aproveitar a semana de treinos para focar em errar menos possível no confronto, no qual a vantagem do empate é do Flu.

- Agora o erro tem que ser mínimo ou quase nada. É um jogo que vale muito, vai ser decidido no detalhe. Nossa primeira fase foi boa, ficamos muito felizes. Mas sabemos que, se não dermos o máximo, o trabalho vai ser contestado. Não queremos isso. Vamos nos concentrar, ter uma semana boa de trabalho - completou Bruno Silva.

O volante alvinegro ainda comentou a definição de Volta Redonda como palco do confronto pela semifinal do Estadual, em detrimento a Cariacica.

- Independentemente do local, jogamos com o Fluminense nos dois estádios, ambos tem condição de jogo. Temos que estar preparados para que no domingo possamos fazer o que o Ricardo está pedindo. Volta Redonda é um estádio bom para jogar - emendou.