Botafogo x Palmeiras

Alberto Valentim fica agitado praticamente o tempo todo durante as partidas (Andre Melo Andrade/Eleven)

Felippe Rocha e Lazlo Dalfovo
19/04/2018
08:10
Rio de Janeiro (RJ)

O estilo ensandecido de Alberto Valentim na área técnica você já conhece. Nos treinamentos, o pouco ao qual temos acesso é também de intensidade. E agora os próprios jogadores admitem que as cobranças do treinador estimulam a disputa interna, e eleva o desempenho do Botafogo. Pode estar aí o segredo do título estadual do Glorioso, a capacidade de lutar até o fim dos jogos por um melhor resultado e a elogiada atuação contra o Palmeiras.

- Nossa equipe é muito competitiva, se entrega muito. Podem esperar essa entrega da nossa equipe, vamos procurar evoluir na competição - afirma o lateral-esquerdo Gilson.

Teoricamente reserva, o atual dono da camisa 6 substituiu Moisés, lesionado, durante o segundo jogo da final do Campeonato Carioca, e chegou bem ao ataque nas últimas partidas. Outros setores também tiveram substitutos com boas atuações. Bochecha, na vaga de Marcelo, foi o mais recente. Porém, assim que chegou ao Alvinegro, Valentim promoveu mudanças em todos os setores da equipe. Está todo mundo alerta.

- Nosso treinamento é muito intenso. O Valentim chegou e mostrou muita competitividade. Isso é nos treino com disputa, quem perder carregar baliza, tem apostas também - revelou Matheus Fernandes à TV Bandeirantes.

Somada aos problemas físicos e suspensões, a tal "competitividade" do treinador botafoguense faz girar o elenco entre os 11 iniciais. Só não jogaram com Valentim o terceiro goleiro, Saulo; os zagueiros Yago, Kanu e Helerson; os volantes Dudu Cearense (que esteve ausente dos jogos por três semanas devido à uma apendicite) e Jean (recém-contratado); Leandrinho (recém-recuperado de lesão), e o jovem Lucas Campos.

O time de Jair Ventura era conhecido pela entrega e pela força na marcação. Felipe Conceição teve pouco tempo para deixar a marca dele. Com Alberto Valentim, o Botafogo vai tentar o sucesso nas próximas competições com essa cara: disputa intensa pela vaga no time titular e luta até o último segundo.