Walter, atacante do Atlético-PR (Foto: Reprodução)

Walter, atacante do Atlético-PR,  perdeu 15 quilos no Atlético-PR (Foto: Reprodução)

RADAR/LANCE!
28/03/2016
23:41
Rio de Janeiro (RJ)

O atacante Walter, do Atlético-PR falou em entrevista ao programa Bem Amigos, do SporTV, na noite desta segunda-feira sobre a perda dos 15 quilos e sobre educação alimentar agora usada no dia-a-dia. Quando perguntado se caso chegasse uma proposta da China, Walter respondeu: "iria hoje mesmo!"

- Olha, tem a Cris lá do Atlético, que é uma pessoa que me ajudou muito. Mas também não adianta o povo querer me ajudar e eu não querer. Todos os times por onde eu passei foi assim, o pessoal gosta muito de mim, sempre quiseram me ajudar e eu não queria. O Cruzeiro queria me ajudar, o Fluminense a mesma coisa, o Goiás também e eu que não queria nada. Eu me arrependo, por que podia estar muito melhor do que estou hoje.

Camisa 18 do furacão falou que quem o ajudou a dar a volta por cima e recuperar a boa forma, foi o amigo e atacante do Palmeiras, Alecsandro.

- Quem me abriu os olhos foi, no jogo contra o Palmeiras, no ano passado, o Alecsandro, que chegou para mim, olhou e falou: “Walter, vem aqui. Olha para você cara, olha para nossa Seleção, tem condição total para estar na Seleção. Quanto você recebe hoje?”. Disse que recebia tanto: "Nossa, você pode receber muito mais que isso. Você tem uma qualidade muito grande. Todo mundo fala do Walter, mas sempre fala do peso do Walter". E foi aí que me caiu a ficha. - confessou o atacante em entrevista ao programa.


Atacante também comentou sobre o futuro, seleção brasileira e o projeto realizado junto ao Atlético-PR para entrar em forma.

- Meu maior foco agora é fazer um bom trabalho no Atlético Paranaense, se o time for muito bem, a seleção pode acabar pintando em seguida. Deus ajuda quem trabalha e eu estou trabalhando demais. Fiquei dois meses trancado na concentração focado nisso. Não é um projeto de dois, três meses e sim de um ano inteiro.