Uilson terá a responsabilidade de defender a meta do Galo no clássico (Foto: Bruno Cantini/Atlético MG)

Uilson terá a responsabilidade de defender a meta do Galo no clássico (Foto: Bruno Cantini/Atlético MG)

LANCE!
24/03/2016
16:38
Belo Horizonte (MG)

No domingo, o jovem Uilson terá a responsabilidade de defender a meta do Atlético-MG no clássico contra o Cruzeiro, na Arena Independência. Aos 21 anos, o goleiro será o mais novo do time de Diego Aguirre. A inexperiência - Uilson fez apenas três jogos pela equipe profissional do Galo -, no entanto, não é uma preocupação para os demais jogadores, como explicou Marcos Rocha.

- É um jogador que nos representa na Seleção Sub-20 e tem toda a confiança do grupo. Tem qualidade, sabe jogar com a bola nos pés. Espero que ele possa ter um fim de semana feliz e possa fazer um grande jogo - declarou o lateral-direito, um dos mais experientes do elenco atleticano.

O jovem Uilson passará por sua prova de fogo no domingo devido as recentes lesões e cirurgias do titular Victor e do reserva Giovanni. Em coletiva nesta quinta-feira, o goleiro disse estar preparado para atuar no clássico e ainda afirmou que costumava levar a melhor sobre o Cruzeiro em jogos da base.

- Na base, disputei muitos clássicos, 11 ou 12 talvez. Acho que tivemos uma boa média de vitórias. Pude ganhar alguns campeonatos em cima do Cruzeiro e espero manter essa média - comentou Uilson.

Com a chance precoce de defender a meta do Atlético, Uilson vem sendo comparado a outro ídolo da torcida atleticana: Diego Alves, hoje goleiro do Valencia (ESP) e Seleção Brasileira. 

Revelado no Galo, Diego Alves viveu situação parecida no início de sua carreira. O clássico contra o Cruzeiro foi apenas seu segundo jogo com a camisa 1 do Atlético, logo aos 19 anos de idade.

Concentrado com a Seleção Brasileira para a disputa das Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2018, Diego Alves concedeu coletiva nesta quinta-feira e mandou um recado para o jovem goleiro atleticano.

- É um goleiro que já veio para seleção de base, que já tem alguns jogos no profissional. Então, acho que não terá problema nenhum. É só ter confiança. Ele sabe que a torcida estará do lado dele. É chegar em campo e mostrar o que sabe fazer - declarou Diego Alves, antes de completar:

- Não é um dos melhores jogos para estrear, porque a pressão é muito grande. Mas, se quer vencer na vida, ele terá de passar por esse tipo de situação.