Ramon Menezes - Vitória

(Divulgação/EC Vitória)

LANCE!
16/07/2021
18:56
Futebol Latino

O clima dentro do Vitória está longe de ser agradável. Antes do embarque da delegação para o Rio Grande do Sul, quando encara o Brasil de Pelotas, o elenco foi cobrado pelos torcedores no aeroporto.

+ Corinthians não desiste de volante, United encaminha chegada de zagueiro, Lyon rejeita primeira oferta do Flamengo… O Dia do Mercado

Incomodado com as cobranças, o técnico Ramon Menezes não escondeu a sua chateação com a situação e reprovou a atitude.

Na visão do técnico, o momento do Vitória é delicado e todos precisam estar unidos para tirar o time do Z-4.

‘A gente tem que tomar um cuidado muito grande em relação a tudo isso, até mesmo o que acontece no futebol brasileiro, porque vai chegar um ponto que pode acontecer algo muito mais grave. Eu acho que a manifestação é válida quando tem jogo no estádio; o torcedor tem o direito de cobrar e pressionar. Agora, uma manifestação como aquela, você agredir com palavras e qualquer tipo de agressão, eu sou completamente contra. O torcedor sabe do carinho e respeito que tenho por ele e por esse clube. Todos nós somos funcionários do clube e estamos trabalhando para melhorar. A gente sabe do momento que o clube se encontra, do momento que encontramos na competição. Eu tenho um mês no comando da equipe. Estou sentindo que, mesmo sem os resultados, estamos evoluindo em campo’, afirmou.

Vale lembrar, que o Vitória está na 17ª colocação da Série B, com 9 pontos, em 11 partidas.