Zé Ricardo - Vasco

Zé Ricardo está iniciando a segunda passagem como técnico do time principal do Vasco (Rafael Ribeiro/Vasco)

Felippe Rocha
08/01/2022
12:48
Rio de Janeiro (RJ)

O Vascocontratou oito jogadores, tem mais dois encaminhados e não vai parar por aí. Foi o técnico Zé Ricardo quem explicou os planos do Cruz-Maltino no mercado, neste sábado. O treinador considera que ainda faltam detalhes, mas não se furtou de falar sobre o lateral-direito Weverton e o meia-atacante Bruno Nazário, que estão a caminho. Além destes, outros cinco jogadores deverão ser contratados para o Campeonato Carioca.

- Acredito que ainda precisamos reforçar em todos os setores: meio-campo, defesa e ataque. Alguns jogadores estão negociando há uma semana ou mais. Tentamos manter o máximo de discrição para só anunciar com a certeza de estarem próximos do clube. Atacantes de lado de campo nós temos buscado, mas temos encontrado muita dificuldade para acertar com eles. E não queremos só para compor - garantiu o treinador, antes de emendar:

- Têm que chegar com a cabeça para serem titulares. Para jogarem e darem retorno quase que instantâneo, imediato. Ainda buscamos um camisa 9, jogadores de lado de campo, mais um meio-campista de iniciação de jogo e, pelo menos, mais um zagueiro. Esperamos que defina logo situação de Bruno e Weverton. São jovens e com muita saúde, o que é muito pontuado entre nós para jogarmos como queremos - avaliou Zé Ricardo.

-> Confira a classificação final da Série B do Campeonato Brasileiro de 2021

Ao longo da entrevista coletiva, o treinador brincou sobre a dificuldade que o clube vem encontrando para contratar, mas pregou que também a pesquisa vascaína é minuciosa. Por fim, afirmou que haverá margem para novas contratações quando mais perto do início da Série B do Campeonato Brasileiro.

- O ideal seria que já tivéssemos uma base desde o ano passado, mas o cenário não é esse. Mais um pouquinho de paciência e teremos mais quatro ou cinco jogadores, deixando espaço para fortalecer (a equipe) perto do Brasileiro. Temos que estar prioritariamente preparados para quando começar a Série B - concluiu.