Vasco x Bangu - Yan Sasse

Yan Sasse marcou um gol contra o Bangu e deu a assistência na vitória frente ao Avaí (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

LANCE!
12/04/2019
08:00
Rio de Janeiro (RJ)

"O jogador que for relacionado tem que estar pronto para jogar", disse o técnico Alberto Valentim após a vitória do Vasco por 1 a 0 contra o Avaí, na Copa do Brasil, na última quarta-feira. A resposta se deu após uma pergunta sobre Yan Sasse, que, mesmo tendo pouco tempo no clube, já vivenciou dois momentos distintos com a camisa cruz-maltina. 

Se no início do empréstimo (acertado junto ao Coritiba até o fim do ano) ele foi até vaiado pela torcida, agora parece que a sorte mudou. Saindo do banco de reservas, Yan foi decisivo nas duas últimas vitórias cruz-maltinas, contribuindo com um gol e uma assistência. Com os pés no chão, o meia comemorou.

- A todo momento tudo pode mudar. Faz parte e está incluído no pacote (ser criticado), mas pude entrar e ajudar a equipe. Dá confiança não só para mim, mas para o grupo todo. O Valentim passa confiança para todos. Fui feliz e pude fazer uma bela jogada para o gol do Pikachu - disse o atleta, após a partida.

Contra o Avaí, Sasse somou um desarme e duas finalizações erradas. Mas foram ainda 11 passes, sendo nove certos. Na concorrência pela posição nos lados do campo estão Rossi, Pikachu e Lucas Santos.

Aos 21 anos, Yan Sasse é visto como uma promessa surgida nas divisões de base do Coritiba. Ele, porém, ainda busca mais regularidade na carreira como profissional para se estabelecer. Pela equipe de São Januário, o jovem jogador tem oito jogos e dois gols.

placeholder