David Nascimento
09/08/2018
21:35
Rio de Janeiro (RJ)

Mais de 18 mil torcedores foram até São Januário na noite desta quinta-feira para incentivar o Vasco na busca da classificação para a próxima fase da Conmebol Sul-Americana. A missão era complicada, o time acabou vencendo a LDU, do Equador, por 1 a 0, mas o resultado não foi o suficiente, acabando por eliminar o Cruz-Maltino da competição logo na segunda fase. A luta até os 50 minutos do segundo tempo não foi do tamanho necessário. Sobrou para o técnico Jorginho, que viu no fim a torcida pedindo a sua saída do clube.

CONTRA O TEMPO
Por ter perdido o jogo de ida no Equador por 3 a 1, o Vasco, para avançar no tempo normal na Sul-Americana precisava vencer por 2 a 0 ou três gols de diferença. Por conta disto, correu contra o tempo desde o apito inicial, buscando a bola nas tentativas pelos gols.

TRAVE SALVA!
Apesar de tentar exaustivamente, o Vasco não conseguia acertar a finalização. A LDU, por sua vez, trabalhava nos erros cruz-maltinos para ampliar a vantagem no placar agregado. Aos 27 minutos do primeiro tempo, Anderson Julio carimbou a trave direita após lançamento de Anangonó. Por pouco o gol não sai.

VASCAÍNOS EMPURRAM
Com os minutos passando, a dificuldade aumentava e os vascaínos nas arquibancadas empurravam cada vez mais os jogadores em campo. A animação contagiou pouco antes do intervalo, quando Gabbarini fez grande defesa em chute de Giovanni Augusto. No rebote, Andrés Rios desperdiçou e mandou para fora.

PARA DAR ESPERANÇA
A primeira parte do segundo tempo foi marcada por uma recuada tanto do Vasco quanto da LDU – a impressão que deu foi que as conversas nos vestiários durante o intervalo não foi tão enérgica quanto se necessitava. Na parte final do jogo, aos 41 minutos, Thiago Galhardo abriu o placar para dar uma esperança nos minutos finais. Vasco 1 a 0.

NÃO FOI DESSA VEZ
Nos nove minutos restantes após abrir o placar (o árbitro deu cinco de acréscimo), o Vasco foi para o tudo ou nada. Mas em campo os jogadores, já jogando mais na raça do que na técnica, não conseguiram evitar a queda do Vasco na competição. Até o fim do ano, o Cruz-Maltino focará as atenções apenas no Brasileiro na busca de dias melhores no clube.

FICHA TÉCNICA
VASCO 1 X 0 LDU (EQU)


Estádio: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 9/8/2018 - 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Mario Diaz de Vivar (PAR)
Auxiliares: Juan Zorrilla (PAR) e Roberto Cañete (PAR)
Renda/público: R$ 452.675,00/18.517 pagantes
Cartões amarelos: Breno, Luiz Gustavo, Yago Pikachu (VAS) e Gabbarini, Guerrero, Intriago, Orejuela (LDU)

GOL: Thiago Galhardo 41'/2ºT (1-0)

VASCO: Martin Silva, Luiz Gustavo, Breno (Ricardo Graça intervalo), Henríquez (Raul 30'/1ºT) e Ramon; Leandro Desábato (Caio Monteiro 24'/2ºT) e Andrey; Yago Pikachu, Giovanni Augusto e Thiago Galhardo; Andrés Rios. Técnico: Jorginho.

LDU: Gabbarini, Quintero, Guerra, Salaberry e Chalá; Orejuela e Vega; Anderson Julio, Johan Julio (Intriago 6'/2ºT) e Guerrero (Rodríguez 34'/2ºT); Anangonó (Pellerano 45'/2ºT). Técnico: Pablo Repetto.

placeholder