Vasco - SAF

O vice-geral Roberto Duque Estrada e o VP Jurídico Zeca Bulhões falaram sobre a SAF no Vasco (Reprodução/VascoTV)

LANCE!
21/01/2022
14:00
Rio de Janeiro (RJ)

O Vasco transmitiu, nesta sexta-feira, um debate sobre o processo de criação do modelo da SAF no clube. Estiveram presentes o vice-geral Roberto Duque Estrada e o VP Jurídico Zeca Bulhões, que responderam algumas perguntas de jornalistas e esclareceram as próximas etapas do processo. Ambos afirmaram que o modelo será decidido pelos sócios, inclusive a possível negociação do futebol com investidores.

- Cabe aos sócios do clube decidir o modelo e a forma de financiamento da atividade. A SAF gera muitas oportunidades livres de dívidas, que serão organizadas para pagamento de forma organizada. Vai assegurar o pagamento das dívidas. O futebol requer muito dinheiro. O modelo jurídico do clube tem que estar preparado para suportar esses custos - disse o VP Jurídico Zeca Bulhões, e acrescentou:

Ainda não é assinante do Cariocão-2022? Acesse www.cariocaoplay.com.br, preencha o cadastro e ganhe 5% de desconto com o cupom especial do LANCE!: GE-JK-FF-ZSW

- Particularmente, vejo com bons olhos esse movimento de profissionalização dos clubes. Isso facilitaria a criação de uma liga. Como torcedor vascaíno, lembro muito bem que a última vez que o Vasco se abriu a investimento externo ganhou a Libertadores, o Brasileiro, a Copa Mercosul e o Carioca. Isso mostra que o investimento externo pode trazer vantagem para todos os envolvidos - explicou.

Para o avanço do projeto, o vice-geral Roberto Duque Estrada afirmou que o clube está iniciando as conversas com possíveis investidores. O dirigente voltou a defender a criação da SAF e ressaltou que essas mudanças são "uma nova página na história do futebol brasileiro" e o clube não pode ficar para trás. 

+ Confira e simule a tabela do Campeonato Carioca

- Os estudos foram iniciados, estão em fase de conclusões e estamos conversando com a segunda etapa que é a conversa com interlocutores, possíveis investidores. Estamos em um momento que não podemos deixar para trás a modernidade. A SAF é uma nova página na história do futebol brasileiro. Ela veio para ficar. Ela permite que ela destaque do patrimônio do clube todo. Posso ter uma SAF 100% do Vasco, uma SAF com investidores minoritários e uma SAF com investidores majoritários. Tudo depende do modelo adotado - explicou Duque, e emendou:

+ De olho na Sociedade Anônima do Futebol, grupo americano dono do Genoa (ITA) procura o Vasco

- A gente quer voltar a ganhar títulos. Para isso, temos que montar times com melhor recurso financeiros e a melhor maneira para isso, não tenho dúvidas, é estabelecendo essa Sociedade Anônima de Futebol - salientou.