Roberto Monteiro

Roberto Monteiro é figura importante da política vascaína (Paulo Fernandes/Vasco.com.br)

Felippe Rocha
07/01/2021
22:53
Rio de Janeiro (RJ)

Possível reviravolta no processo eleitoral do Vasco. A eleição do ano passado, que parecia decidida com Jorge Salgado a poucos dias da posse, pode ter um novo julgamento. O presidente do Conselho Deliberativo do Cruz-Maltino, Roberto Monteiro, entrou com um recurso para promover um novo julgamento do caso apreciado no dia 17 de dezembro.

O efeito prático da decisão daquele dia, da Primeira Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ), foi a validade do pleito vencido por Jorge Salgado. Uma semana antes, Luiz Roberto Leven Siano foi o candidato mais votado na votação com a mesma finalidade. Este pleito é que acabou invalidado pela Justiça.

> Confira a classificação atualizada do Brasileirão e simule resultados

Nesta quinta-feira, Roberto Monteiro entrou com um embargo de declaração com efeito suspensivo ativo para reformar a decisão sobre a eleição. Noutras palavras, se faz necessário que o mesmo colegiado de desembargadores julgue a pauta. O entendimento é de que não foram apreciados pontos do relator nos votos que determinaram o resultado de 2 a 1.

Também nesta quinta-feira, conforme o site Jota publicou primeiramente, o partido "Solidariedade" também fez um movimento jurídico para que Leven Siano seja empossado. A posse, a princípio, de Salgado, está prevista para a segunda quinzena deste mês, com dia ainda a ser confirmado.