Santos x Vasco - Vanderlei Luxemburgo

Luxemburgo esteve no Pacaembu acompanhando o confronto entre Vasco e Santos, no domingo (Foto: Reprodução)

LANCE!
14/05/2019
08:00
Rio de Janeiro (RJ)

Enfim, chegou o dia: nesta terça-feira, a era Vanderlei Luxemburgo inicia-se oficialmente no Vasco da Gama, com a primeira atividade comandada pelo treinador no CT do Almirante. A principal missão de Luxa será tirar o time da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. O Cruz-Maltino não começou bem a temporada e ocupa a lanterna da competição. Em quatro rodadas, três derrotas e um único empate. Atuações desastrosas e a natural desconfiança da torcida.

Nos bastidores, o novo treinador do Vasco e sua comissão técnica já têm trabalhado há alguns dias. Ontem, auxiliares de Luxemburgo reuniram-se com o departamento médico, de fisiologia e de fisioterapia para saber sobre as condições de cada jogador do elenco. Desde a última semana que os profissionais têm feito uma avaliação individual dos jogadores. A expectativa é de que atletas que não tenham sido aproveitados com Valentim e Valadares e que não terão chance sejam vendidos ou emprestados para enxugar a folha de pagamento.

Dentro de campo, em relação aos seus dois últimos trabalhos, Luxemburgo terá que fazer diferente para triunfar em São Januário. Pegando como base os resultados das dez primeiras partidas de Sport, em 2017, e Cruzeiro, em 2015, percebe-se uma evidente melhora a curto prazo. Não à toa, ambos tiveram aproveitamento superior a 50% (53,3% no Sport; 55,5% no Cruzeiro).

A grande diferença residiu na sensibilidade para contornar os momentos de declínio. Tanto em Recife, quanto em Belo Horizonte, Luxemburgo abocanhou uma série de derrotas que culminaram com sua demissão. No Cruzeiro foram seis reveses consecutivos. O último, contra o Santos, no Mineirão, por 1 a 0, custou a demissão. O aproveitamento caiu negativamente para 10%. No Sport, após um bom primeiro turno de Brasileirão, veio a tempestade: depois da eliminação na Copa Sul-Americana para o Junior Barranquilla-COL, a nova demissão. O aproveitamento fechou em 15,7%.

Para o pontapé inicial no Vasco, Luxemburgo deve comandar um treinamento na parte da tarde. Nos próximos dias, a ideia é que o elenco trabalhe em duas partes, na manhã e à tarde. Só na sexta-feira e no sábado, antes de enfrentar o Avaí, no domingo, em São Januário, às 19h, o treino seria em somente um período, ainda a ser divulgado pelo clube. A expectativa é de que Leandro Castan e Lucas Santos possam estar à disposição.

placeholder