Quintero - Vasco

Quintero, do Vasco, falou que vencer em São Januário é um ponto estratégico para o Vasco (Daniel RAMALHO/CRVG)

LANCE!
05/05/2022
15:19
Rio de Janeiro (RJ)

Apesar da pressão na busca por resultados, Juan Quintero, do Vasco, concordou com o discurso de Nene de que a responsabilidade pelos erros do time são dos próprios jogadores em campo. Além de defender o trabalho de Zé Ricardo, o zagueiro projetou a sequência da equipe em São Januário (três dos próximos cinco jogos da Série B).

- Eu penso o mesmo que o Nene. Eu penso que são onze jogadores que entram em campo. Claro que tem uma estratégia, uma ideia de jogo, mas a gente que toma as decisões, chuta no gol, defende, corre. Eu sei que a pressão é grande , normal. É um clube gigante, acontece. Com certeza, eu sei que o Zé está preparado para isso, sabe como todos nós - disse o defensor, que acrescentou:

+ Confira e simule a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro 

- Acho que o nosso dia a dia é muito bom, como grupo, com os funcionários. Se você ver os nossos treinos, nos dedicamos 200%. Então, nos cobramos internamente depois do jogo. eu sou um cara que me cobro muito e com o grupo também. Não gosto de empatar, sempre gosto de poder ganhar. Você tenta sempre a vitória - completou.

Nas próximas rodadas, o Gigante da Colina terá uma sequência importante sob seus domínios. No sábado, o duelo será contra o CSA, às 19h. Em maio, a equipe ainda encara o líder Bahia e o Brusque na Colina Histórica. Quintero destacou a importância de pontuar em casa sem deixar de buscar a vitória também fora do Rio de Janeiro.  

- Acho que jogar no Caldeirão é fundamental para a gente. Com nossa torcida, estádio, campo, que a gente já conhece bem. Sair em busca da vitória, pelos três pontos, não tenho dúvida disso. Mas fora também. Acho que o pensamento da gente tanto dentro quanto fora de casa tem que ser igual. Falei anteriormente disso também. Pode ser certo ou não. Mas temos que ter o pensamento de ganhar todo jogo. Contra Grêmio, Bahia, aqui, CSA, agora no sábado. Tem que ser esse pensamento - analisou, e em seguida emendou:

+ Poucas peças de reposição nas pontas evidenciam problemas na montagem do elenco do Vasco na temporada

- Sem dúvida. É um ponto estratégico de nosso campeonato para a gente retomar a confiança que a gente precisa. Para todo mundo, torcida, clube, jogador. Olhar sempre para frente. Ficar na tabela já na parte de cima - finalizou.