Vasco x Flamengo Pikachu

Pikachu, durante duelo contra o Flamengo (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

LANCE!
15/04/2019
17:22
Rio de Janeiro (RJ)

Em jogo ruim, o Vasco saiu derrotado pelo Flamengo por 2 a 0 na primeira partida da final do Campeonato Carioca, no último domingo. O Cruz-Maltino apresentou um futebol muito abaixo do esperado e por pouco não saiu com uma desvantagem ainda maior. Em entrevista coletiva no CT do Almirante, Yago Pikachu avaliou o resultado, mas afirmou que acredita em uma virada.

- Na história do clube para reverter resultados. Cada um tem seu valor e sua história. É um clássico, temos que nos apegar nisso. Temos que fazer nossa história. Se conseguirmos reverter o resultado, como muitos não acreditam, acho que também vamos entrar na história do Vasco contra uma equipe de grande investimento como é o Flamengo - disse.

- Foi um jogo muito abaixo do esperado. O Valentim avaliou como o pior segundo tempo. Não conseguimos criar, marcar, o Flamengo nos colocou quase sempre no nosso campo. Não tivemos força para dar perigo. Temos que trabalhar isso. Sabemos o que podemos render mais. Eles tiveram muitas chances. É uma vantagem considerável, mas sabemos que se melhorarmos no que faltou, podemos ser campeões. Deixamos a desejar na vontade e na raça  - completou.


O Vasco se prepara para encarar o Santos, nesta quarta-feira, pelo jogo de ida da quarta fase da Copa do Brasil. A partida será na Vila Belmiro, às 19h15. Pikachu projetou o duelo e falou sobre o problema da equipe com as bolas aéreas. 

- Sabemos que o Santos aproveita as bolas aéreas, eles têm zagueiros altos também. Tivemos dificuldades contra o Flamengo. Temos hoje e amanhã para arrumar o que fizemos de errado e neutralizar isso. São dois jogos, nada será decidido totalmente nesse primeiro jogo, mas pode encaminhar a classificação para uma das equipes. Temos que ter tranquilidade, confiança, fazer o que vinha fazendo, ter a posse, criar dificuldades. O Alberto Valentim vem passando as características de alguns jogadores e vamos saber mais as características deles para ir bem lá - comentou.

Veja outras respostas:

O que faltou

- Comentamos que poderíamos entrar mais fortes para fazer algo diferente. É ruim falar o que faltou, o importante é fazer diferente no próximo jogo. O torcedor vai estar sempre na razão sem violência, cobrar da melhor forma para sabermos o que podemos dar mais. Com apoio, podemos reverter o resultado.

Insatisfação

- A torcida tem direito de reclamar. Ainda temos o segundo jogo. A revolta do torcedor é muito por conta do resultado do primeiro jogo. Quando não se tem agressão e violência é uma forma de protestar. Sabemos que tem o segundo jogo. O Vasco já demonstrou que consegue reverter coisas praticamente impossíveis. Precisamos melhorar muito para fazer diferente o que foi ruim no domingo.

Valdívia

- Vai ser positivo. O Campeonato Brasileiro está na porta. São jogos difíceis, precisamos de um elenco grande e qualificado. São muitos jogos, tem lesão e cartão. Todo reforço é bem vindo. Não sei qual a característica dele, se vai atuar por dentro ou não, mas vem para somar. Espero que seja feliz aqui.

Importância da vitória

- Uma vitória contra o Santos daria mais tranquilidade para domingo. É outra competição, mas é importante resgatar a confiança depois da derrota. Temos que focar nesse jogo para, além de vencer, jogar bem.

Fernando Miguel

- É um jogador importante, que vem em um grande ano. Não sei o que ele está sentindo, mas vamos ver. Dificilmente ele vai treinar hoje. Se tiver melhor, pode ir a campo. Tem o Gabriel aí, brincamos que será a mesma oportunidade que ele teve quando subiu ao profissional, que foi contra o Santos. Espero que, caso ele entre, possa ser uma vitória lá.

Reforços

- Precisamos qualificar o elenco para o Brasileiro. É um nível muito acima. Temos que ter jogadores para melhorar. São jogadores com características interessantes e diferentes com o que temos, as vezes parecido com um ou outro. Caso se concretize, vamos receber de braços abertos.

placeholder