Miranda - Vasco da Gama

Miranda, em ação com a camisa do Vasco (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco da Gama)

LANCE!
06/09/2021
16:56
Rio de Janeiro (RJ)

O zagueiro Miranda, do Vasco, foi flagrado em exame antidoping realizado pela Conmebol. Quem divulgou o caso foi a Ferj (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro), fato lamentado pelo clube posteriormente em nota oficial. A substância encontrada foi a canrenona, um diurético proibido pelos regulamentos.

Miranda, no entanto, está em condições legais de atuar contra o Avaí, partida das 20h, em Florianópolis, pela Série B. O Vasco afirmou que foi notificado em junho sobre o caso. O exame que flagrou a substância proibida foi realizado em 3 de dezembro de 2020, no jogo com o Defensa y Justicia, em São Januário, pela volta das oitavas de final da Sul-Americana.

-> Confira a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro

- Ao ser notificado do fato, em junho, o Departamento de Futebol do Vasco procurou o atleta e o mesmo garantiu que não ingeriu a substância diurética. O Clube, portanto, confia na palavra de Miranda e continuará dando todo suporte ao mesmo durante o processo, acompanhando de perto, inclusive, sua defesa. Embora o Vasco tivesse conhecimento do fato desde junho, também sabia que o resultado da contraprova seria notificado apenas no início de setembro. Após o resultado, a Unidade Disciplinar da Conmebol agendou audiência preliminar para esta terça-feira (07/09) - afirmou o Cruz-Maltino.

VEJA A NOTA NA ÍNTEGRA:

"Sobre a recente notícia envolvendo o zagueiro Miranda, o Club de Regatas Vasco da Gama informa que já tinha conhecimento sobre o fato há alguns meses e manteve o assunto em sigilo, como deveria ser, visando preservar o atleta. O Clube lamenta o vazamento da informação confidencial pela FFerj, que publicou a notificação em seu site oficial, tornando-a pública.

Ao ser notificado do fato, em junho, o Departamento de Futebol do Vasco procurou o atleta e o mesmo garantiu que não ingeriu a substância diurética. O Clube, portanto, confia na palavra de Miranda e continuará dando todo suporte ao mesmo durante o processo, acompanhando de perto, inclusive, sua defesa.

Embora o Vasco tivesse conhecimento do fato desde junho, também sabia que o resultado da contraprova seria notificado apenas no início de setembro. Após o resultado, a Unidade Disciplinar da Conmebol agendou audiência preliminar para esta terça-feira (07/09).

Informamos, portanto, que nenhum comunicado de suspensão preventiva foi feito por parte da CONMEBOL e Miranda segue em condições normais de jogo
."