Vasco x Bangu

Tiago Reis recebeu de Cayo Tenório a assistência para um dos três gols que marcou (Rafael Ribeiro/Vasco)

Felippe Rocha
04/04/2021
07:30
Volta Redonda (RJ)

No início da partida, a bola parecia "queimar". Depois da parada técnica, um gol sofrido. Mas o Vasco soube, mesmo com um time extremamente jovem, construir a vitória e suportar um jogo nervoso. A equipe de pouca idade mostrou maturidade e confiança para vencer. É provável que, ao longo da temporada, poucos tenham muitos minutos mais, contudo a atuação neste sábado indica que há um norte correto sendo seguido.

Melhor para o Cruz-Maltino que Marcelo Cabo toma cuidado até na hora de elogiar. O treinador entende que boas e más atuações de quem tem por volta de 20 anos fazem parte da construção de cada um dos atletas.

- Confiança é o que passo para todos os jovens jogadores. A mesma para o Riquelme, Cayo (Tenório), João Pedro fez a estreia iniciando, o Laranjeira iniciou o primeiro jogo comigo... temos que passar tranquilidade e potencializar esses atletas. Tivemos uma semana de muito trabalho. O Gabriel e o Fábio, auxiliares, trabalharam muito. Acredito muito no silêncio e no trabalho. Procurei passar para eles muita tranquilidade. Ficamos felizes com o resultado - afirmou o treinador.

-> Confira a tabela do Campeonato Carioca

Nem tudo são flores. A bola parada defensiva continua sendo um problema independentemente dos jogadores escolhidos para a partida. Novo erro do tipo, na quarta-feira, pode custar a eliminação. Problemas demandam solução com a temporada em andamento. Principalmente em relação ao que não entra em campo: mais dramático do que falhas técnicas são quatro meses de salários atrasados.