Boavista x Vasco - Cabo

Para Marcelo Cabo, o time mandante esteve bem na partida (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Felippe Rocha
09/06/2021
19:52
Rio de Janeiro (RJ)

As palavras de Marcelo Cabo são fortes. O técnico do Vasco acusou a arbitragem comandada por José Mendonça da Silva Junior (PR) de anular o gol marcado por Gabriel Pec por conta de uma interferência externa. Não há utilização do VAR na Copa do Brasil. O Cruz-Maltino acabou empatando a partida contra o Boavista pouco depois, e avançou na competição.

Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

- Simples. Na minha opinião, houve interferência externa. Eu ouvi do assistente, quarto árbitro, que foi gol e iria reiniciar. Quando o árbitro vai reiniciar o jogo, ele põe a mão no ouvido - narrou o treinador do Cruz-Maltino. E repetiu:

- Para mim, houve interferência. Demorou três minutos e 30 segundos para desfazer a confusão. Sempre falavam que ia desfazer e recomeçar (o jogo). O lance é de interpretação. Olhei no vídeo várias vezes. Ele dá o gol e muda de opinião nos três minutos - analisou o treinador, após a partida.

A jogada foi na primeira de três investidas de Léo Jabá pela esquerda no segundo tempo. Ele cruzou, a bola bateu no braço de Cano e sobrou para Gabriel Pec fazer o gol. Após sete minutos e a linguagem corporal generalizada aparentando que o jogo seria reiniciado com o placar igualado, as expressões mudam e o gol é anulado. Toda a confusão durou cerca de sete minutos.

No meio disso tudo, o técnico Leandrão, do Boavista, sacou um celular e apontou em direção de um membro da comissão de arbitragem. Na televisão, a transmissão do Premiere havia informado pouco antes, pela análise do comentarista Paulo César de Oliveira, que o gol de Pec foi irregular.

- Minha comissão viu (Leandrão com o celular na mão), eu não. Eu vi a foto depois. Mas eu não posso julgar se ele viu (a opinião do comentarista de arbitragem) - ponderou Cabo.

-> Confira a tabela da Copa do Brasil

Sobre a partida em si, o Marcelo Cabo entende que o time foi bem. Apesar de ter saído atrás no placar, o comandante viu domínio cruz-maltino sobre os visitantes.

- Tivemos boa criação. Faltou mais tranquilidade na hora do acabamento. O time circulou bem a bola, tivemos o controle do jogo - avaliou.