Vasco x Madureira

Fase atual do time vascaíno faz poucos jogadores terem cadeira cativa (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Felippe Rocha
08/06/2021
07:30
Rio de Janeiro (RJ)

O técnico Marcelo Cabo entende que o Vasco não está conseguindo se impor como deve. Indicou que o time poderá ser alterado para a partida contra o Boavista, nesta quarta-feira. Confira as opções do treinador para o meio-campo. Quem você escolheria?

Romulo - Teve atuação contra a Ponte Preta elogiada por Marcelo Cabo e, de fato, não foi substituído. Para o que se propõe, teve números regulares: um desarme, como outros seis jogadores, 41 passes certos e sete errados (um dos que mais acertou e errou do time, até pela posição no campo).

Andrey - Começou a temporada como um dos melhores do time, teve queda de rendimento e foi o pior da equipe contra o Operário-PR. Seguiu prestigiado pelo treinador, teve maior número de acertos nos últimos jogos, mas não tem conseguido ajudar a criação como outrora.

Galarza - Promessa de afirmação meteórica no time profissional, o paraguaio passou a ser reserva há duas partidas. É praticamente onipresente em campo. Foi sacado da equipe titular numa tentativa do treinador de melhorar o funcionamento do meio-campo.

Michel - Jogador de confiança de Marcelo Cabo, é primeiro volante de origem. Contra a Ponte Preta, voltou a jogar após mais de um ano. Atuou na lateral esquerda, em posição na qual já atuou com o treinador noutro clube.

Juninho - Corre por fora. Não utilizado nos últimos três jogos, entrou nos minutos finais de três partidas anteriores. Disputou todo o segundo tempo do primeiro jogo da semifinal da Taça Rio.

Bruno Gomes - Vinha sendo utilizado como primeiro volante reserva. Perdeu espaço com a contratação de Michel.

Caio Lopes - Entrou em campo pela última vez há exatamente um mês, nos últimos minutos da vitória sobre o Madureira, pela Taça Rio.

-> Confira a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro

Morato - O camisa 10 teve a grande partida pelo Vasco até aqui contra o Flamengo, e segue com prestígio, apesar da queda de rendimento da equipe. Na ausência de Marquinhos Gabriel, foi testado como meia central, mas tem sido prioritariamente ponta direita.

Sarrafiore - Estreou no segundo tempo do jogo contra o Operário e foi titular contra o Boavista. Após o gol, voltou a ser titular no último domingo. Contra a Ponte, teve atuação mais discreta. Apareceu mais na marcação: foi o líder de bolas roubadas do time no jogo, com três desarmes.

Gabriel Pec - Desenvolveu-se física e tecnicamente de uma temporada para a outra. Começou a Era Marcelo Cabo como um dos destaques, Caiu de rendimento junto da equipe. Também foi testado como meia central, mas quase sempre é ponta esquerda.

Léo Jabá - Vem disputando posição principalmente com Gabriel Pec nas pontas. Já mostrou técnica, mas lhe faltou consistência até o momento.

Marquinhos Gabriel - Foi apontado pelo treinador como um pilar da criação da equipe e, realmente, fez muita falta no período em que esteve lesionado. Voltou na última partida e disputou todo o segundo tempo.

Figueiredo - É frequentemente utilizado, principalmente como ponta esquerda. Todavia, ainda não conseguiu ser efetivo.

Laranjeira - Não foi utilizado desde que foi expulso, no primeiro jogo da semifinal da Taça Rio. É opção como meia central.

MT - Meia-atacante de origem, se destacou no início da temporada como lateral-esquerdo. Perdeu os últimos dois meses por conta de uma lesão delicada. Está na fase final de recuperação.