Alexandre Faria - Vasco

Alexandre Faria tem a missão de reforçar o elenco vascaíno para 2019 (Rafael Ribeiro/ VASCO)

LANCE!
03/12/2018
14:40
Rio de Janeiro (RJ)

O fim do Brasileirão e a permanência do Vasco na primeira divisão aliviaram a torcida vascaína, que pede mudanças para a próxima temporada. Mas se depender da diretoria, acontecerá a passos curtos. Isso porque o técnico Alberto Valentim será mantido no cargo e tem a confiança do clube. O dirigente Alexandre Faria conversou com a imprensa na chegada ao Rio de Janeiro.

- O Valentim tem contrato até o fim do ano que vem. A questão de troca de treinador é a pior coisa que pode acontecer, ninguém quer trocar. Só troca quando não dá resultado. Percebemos no dia a dia um trabalho muito qualificado do Valentim e da sua comissão. O time já tem padrão, uma linha de jogo definida. E poderemos recuperar os jogadores.

A recuperação de jogadores em baixa é uma alternativa para reforçar o elenco sem gastar dinheiro em 2019. Nomes como Breno, lesionado, e Martin Silva, barrado recentemente, ainda estão nos planos para o ano que vem.

- Na minha avaliação, Martin é um dos melhores goleiro do Brasil. É um ídolo e precisamos ter cuidado com algumas coisas. Tem muitos clubes querendo goleiro e podem querer criar atrito dele com o Vasco. Nosso líder, é espetacular, tem contrato e estamos muito felizes com ele. 

Como avalia esse período desde que chegou ao Vasco, no meio da temporada?
- A primeira sensação é de alívio, mas o tamanho do Vasco não nos permite comemorar uma permanência. Por tudo que aconteceu, ao menos teremos tranquilidade para iniciar um trabalho desde o início da temporada. Eu cheguei no início de julho. Foi um ano conturbado, com muita coisa acontecendo fora de campo. Conseguimos trazer peças importantes com contrato até o fim do ano que vem.

placeholder