Vasco - Lisca

Lisca teve a sua primeira semana livre para treinar o Vasco desde que assumiu o clube (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

LANCE!
29/08/2021
19:22
Rio de Janeiro (RJ)

Após  vitória sobre a Ponte Preta por 2 a 0 em São Januário, o técnico Lisca destacou, durante a coletiva de imprensa, a importância da primeira semana de treinos que a equipe teve desde sua chegada. Ele também valorizou o desabafo de Andrey contra o Operário (PR), elogiou a atuação de Caio Lopes, um dos destaques da partida, e disse que devem chegar de dois a três reforços em breve.

+ Confira e simule a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro


- A estratégia foi bem definida porque foi melhor treinada. A gente pode praticar ela, porque anteriormente a gente só trabalhava com ela na teoria. Principalmente com aqueles jogadores que vinham jogando mais. Fica difícil de você estabilizar a performance deles. O papel do treinador é melhorar e estabilizar a performance. Mas eu não estava conseguindo atuar com eles, principalmente em exercícios e repetições. Mostrar o que a gente queria Praticar para o próximo jogo - disse Lisca, ressaltando as dificuldades em meio ao calendário apertado.

- Futebol brasileiro é difícil, porque o treinador não consegue treinar a equipe, ainda mais quem chega no meio do processo com um jogo em cima do outro. Tenho visto a série a, está bem espaçada, um jogo por semana, tirando os times da Copa do Brasil - comentou, antes de acrescentar:

- Nesta semana pudemos experimentar alguns jogadores, conversar com eles. Sentir quem estava melhor preparado mentalmente, que foi o caso do Caio Lopes, tem crescido no nosso processo diário. Andrey é outro. Vocês viram a entrevista do Andrey, muita gente achou, "Ah, é isso... ele falou um monte de coisa", mas gostei, mostrou indignação. Porque nosso clube está bem longe do que a gente quer. Aqui tem homem, pai de família, tem meninada também. Todos têm caráter, tem camisa, trabalho - completou.

+ ATUAÇÕES: Caio Lopes aproveita oportunidade, marca golaço e se destaca na vitória do Vasco

Ao longo da entrevista, Lisca ressaltou que a vitória foi essencial, mas que ainda tem um longo caminho pela frente. O comandante afirmou que a Série B é uma competição muito difícil e o mais importante foi conquistar os três pontos com muita entrega dosa jogadores. 

- Agora é estado de sítio, é estado de emergência, é corda esticada o tempo todo. Tivemos uma boa vitória, mas ainda estamos longe do que pretendemos que é terminar entre os quatro. A competição é muito parelha, muito dura, mas o mais importante do que a vitória era uma boa apresentação. Com entrega, com pressão principalmente no início, num modelo diferente, mesmo que os jogadores não estejam tão adaptados a pressionar no campo de ataque. Porque teve um momento que virou muita "trocação", que não era interessante para nós - afirmou, e agradeceu:

- Agradecer todo apoio da diretoria e da torcida do Vasco em especial, nas ruas. Em especial minha esposa, que veio de Porto Alegre pra me dar essa força Estou muito engajando neste processo, não quero perder essa oportunidade de jeito nenhum, e os jogadores também não querem. Vitória bem importante em homenagem aos jogadores do Vasco. Estamos ainda insatisfeitos com nossa pontuação. Sabemos que precisamos de mais e essa foi a tônica do nosso vestiário agora - completou.

O próximo compromisso do Vasco na Série B será na sexta-feira, às 19h, contra o Brasil de Pelotas, também na Colina Histórica. A partida é válida pela vigésima segunda rodada, a terceira do returno da Série B.