Vasco treino em Atibaia

Vasco enfrenta o Bangu na semifinal do Carioca (Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br)

Felippe Rocha, Lazlo Dalfovo e Sergio Santana
06/04/2019
17:32
Rio de Janeiro (RJ)

Os jogadores do Vasco voltaram atrás na decisão de se concentrar. Na noite da última sexta-feira, o elenco concordou que, por conta dos salários atrasados, não iriam se reunir antes da partida contra o Bangu, no próximo domingo, no Maracanã, pela semifinal do Campeonato Carioca. O panorama, porém, foi revertido e os atletas do Cruz-Maltino estarão reunidos no dia anterior ao jogo. A informação foi publicada pela "Fox Sports" e confirmada pelo LANCE!.

O presidente Alexandre Campello foi fundamental para essa situação. O mandatário se reuniu com os jogadores neste sábado e, após uma reunião, fez com que o elenco voltasse atrás. Portanto, os jogadores vão se reunir antes da partida contra o Bangu.

A novidade fica por conta da barração de Maxi López até do banco de reservas. Figura importante no elenco, o argentino não será relacionado por Alberto Valentim. Apesar de ter treinado durante parte da semana sem sentir dores, a comissão técnica resolveu não levar o jogador à partida. O atacante, portanto, está fora por uma opção técnica do treinador. 

O L! ainda apurou que essa decisão não foi bem vista pelos atletas. Os jogadores, além da questão dos salários atrasados, não gostaram da decisão tomada pela comissão técnica em barrar Maxi López. Nesse contexto, o clima entre o elenco e a comissão técnica não é dos melhores.

O argentino ainda não assinou uma extensão no contrato. O atual vínculo de Maxi López com o Vasco vai até dezembro desse ano e a negociação entre as partes se arrasta. Fundamental na última temporada, o camisa 11 ainda não repetiu as mesmas atuações em 2019, tendo marcado apenas dois gols, de pênalti, no período.

placeholder