Campo Anexo do São Januário

Quando autorizados, os treinos do Vasco em São Januário serão no campo anexo (Foto: Arquivo/Vasco.com.br)

Felippe Rocha
01/05/2020
07:15
Rio de Janeiro (RJ)

Primeiro foram 20 dias, logo em seguida outros dez. Chegou ao fim, portanto, na última quinta-feira, o período de férias dos jogadores do Vasco. Esta sexta-feira marca o primeiro dia, teoricamente, de retorno aos trabalhos. Mas como a pandemia de COVID-19 persiste, a rotina cruz-maltina segue bem distante dos gramados e da bola.

O departamento de futebol vascaíno optou por dar seguimento à cartilha para o período de isolamento social iniciado em meados de março. O último jogo do time de São Januário foi contra o Fluminense, no dia 15 daquele mês. Desde então os campeonatos foram suspensos, as atividades também, e os jogadores tiveram férias iniciadas em 1º de abril.

- Já temos feito uma rotina diferente. O feedback é diário. A princípio não vemos necessidade de mudar o programa, todos têm feito o possível. Não há necessidade, eles continuaram trabalhando. Seguiram os protocolos atualizados semanalmente e cumpridos à risca de forma satisfatória - revela, ao LANCE!, o diretor executivo de futebol do Vasco, André Mazzuco.

A cartilha que a comissão técnica do Vasco preparou para os atletas contém orientações de higiene e de exercícios, conforme explicado pelo L! no dia 22 de março. Neste período, alguns jogadores têm até publicado em redes sociais algumas das atividades físicas que têm feito.

As novidades vão ficar para quando os jogadores tiverem autorização para se exercitar fora de suas respectivas casas. O Vasco já devolveu o CT do Almirante e está na reta final de ajuste das instalações de São Januário para que elas possam voltar a receber os atletas. Ainda assim, tudo será passo a passo.

- Os treinamentos devem começar em pequenos grupos, a academia não deve ser utilizada, para evitar aglomeração... toda essa estrutura estará pronta para, quando as autoridades entenderem que há segurança, podermos voltar com toda a segurança - explicou o presidente do clube, Alexandre Campello, durante transmissão da Vasco TV, na última quarta-feira.