David Nascimento
13/07/2018
19:32
Rio de Janeiro (RJ)

O Vasco realizou na tarde desta sexta-feira, na sala de beneméritos do Complexo Esportivo de São Januário, uma ampliação da parceria com o Sistema de Ensino GPI. No novo contrato, que não tem duração estabelecida, o GPI passará a administrar o Colégio Vasco da Gama, em troca com um patrocínio na omoplata da camisa cruz-maltina - a estreia será já na segunda-feira, na partida de volta das oitavas de final da Copa do Brasil diante do Bahia. O Cruz-Maltino economizará cerca de R$ 3 milhões anuais, que serão utilizados em outras áreas do clube.

- Estamos firmando um contrato com o Grupo GPI, que vai passar a administrar o Colégio Vasco da Gama, que já tinha a utilização de uma plataforma, mas que a partir de agora teremos uma relação diferente, onde eles assumem por completo essa administração. O Vasco tinha custo com funcionarios e material. Era em torno de R$ 3 milhões anuais. No ano que vem, os professores passarão a ser geridos pelo GPI, sendo absolvidos no máximo possível em um pedido que fiz a eles no início de nossa conversa - afirmou o mandatário do Vasco, sendo completado por Jorge Neto, diretor geral do GPI:

- Estamos selando aumento da parceria com o Vasco hoje. Um clube com uma linda história. O presidente Alexandre Campello está buscando especialistas para o Vasco. Hoje o GPI quer acrescentar muito nessa linda história. Estamos no Vasco desde 2015 e agora estamos trazendo parceiros. Queremos trazer não só tecnologia ao Vasco. É muito importante pensar no amanhã. Quando entrei aqui tinha dificuldade para isso. É um dia muito feliz. Uma marca gigantesca. O tradicional sistema passa a gerir o Colégio Vasco da Gama. 17ª unidade nossa.

Vice-presidente de marketing do Vasco, Bruno Maia afirmou a necessidade do trabalho na busca por novos patrocínios para o Vasco. O dirigente cruz-maltino lembrou que a cúpula de São Januário segue conversando com empresas em busca de um acerto para a área máster do uniforme, apesar de ainda não ter uma projeção sobre quando isso poderá acontecer. A expectativa nos corredores do clube é a de que patrocínios pontuais ocorram de maneira mais frequente nos meses finais do ano, assim como aconteceu durante o Campeonato Carioca.

ANISTIA A SÓCIOS INADIMPLENTES

Outro ponto em destaque na entrevista coletiva desta sexta-feira foi o anúncio do programa de anistia para sócios inadimplentes do Vasco. Vice-presidente de comunicação do clube, Diego Carvalho afirmou que há mais de 111 mil membros nestas condições, os quais o clube irá procurar o máximo possível reter em um retorno. Os pedidos de anistia poderão ser realizados de maneira presencial nas sedes do clube e pelo site oficial - os sócios com suspeita de fraude que votaram na urna 7 deverão comprovar o pagamento da joia e apenas presencialmente.

- Nossa ideia é começar essa anistia na segunda-feira. Em paralelo a isso, teremos uma empresa tentando contato com todos os sócios que temos cadastro. Algo em torno de 111 mil que já foram sócios e estão inadimplentes. Vamos tentar contactar todos. Sócio geral não paga o retroativo por causa do estatuto. Os patrimoniais podem pagar o passado e voltar ao quadro. Poderá ser parcelado em 12 vezes - explicou o dirigente do Vasco, que informou o número de Whatsapp (21) 2203-8350 para os sócios que queiram tirar dúvidas sobre o plano.

AÇÕES 120 ANOS DO VASCO

Também foram anunciados durante a entrevista coletiva desta sexta ações em comemoração aos 120 anos do Vasco. O vice-presidente de marketing Bruno Maia explicou alguns dos pontos já confirmados, como o lançamento de uma terceira camisa especial junto com a Diadora (fornecedora de material esportivo do Cruz-Maltino), parceria com a Casa da Moeda para a fabricação de medalhas comemorativas, reforma em São Januário e a possibilidade de torcedores jogarem no campo de São Januário em uma ação especial ao lado de ídolos da história centenária.

- Vamos ter pequenas ações, comunicadas diariamente, dessa conquista que vem sendo feita desde o início de ano. Estamos trabalhando em silêncio, tentando organizar as coisas. Estamos num ano de corte de gastos, economias, mas essa data vai ser comemorada. Pegamos algumas sugestões da torcida - afirmou o dirigente enquanto apresentada slides para a imprensa com maiores informações (confira nos tweets abaixo).