Andrey - coletiva

Andrey destacou que a equipe tem que 'assumir a responsabilidade e colocar a cara a tapa' (Reprodução / VascoTV)

LANCE!
30/11/2020
19:42
Rio de Janeiro (RJ)

O Vasco jogou muito mal e foi goleado pelo Ceará por 4 a 1 em São Januário pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Cruz-Maltino segue na zona de rebaixamento com 24 pontos em 22 jogos, já o Vozão chega aos 29 e quebra o jejum de quatro jogos sem vencer. Na saída de campo, o meio-campista Andrey lamentou o resultado e desabafou. 

+Confira da classificação do Campeonato Brasileiro 


 - Um jogo para esquecer. Acho que a gente tem que tomar vergonha na cara. Não passar isso que a gente está passando. O Vasco é um clube muito grande  e perder de 4 a 1 dentro de casa tem que doer, tem que sangrar. Esta é a palavra: sangrar. Acho que quem veste a camisa, quem entra em campo tem que dar a alma, tem que correr, dar o coração - desabafou o camisa 15.

- E acho que temos que colocar a cabeça no travesseiro e pensar o que está fazendo de errado. A gente sabe que não está certo perder de 4 a 1 dentro de casa. Tem que assumir a responsabilidade, colocar a cara a tapa. Agora é esquecer o que a gente fez aqui hoje, porque foi um resultado pífio. É pensar na Sul-Americana, que tem uma decisão quinta-feira. É um jogo importante e temos tudo para recuperar e trabalhar. É dormir hoje sofrendo com essa derrota feia e melhorar na quinta, porque o futebol nos dá três dias depois essa oportunidade - completa o meio-campista.

Na próxima rodada, o Vasco visita o Grêmio, às 16h (de Brasília), domingo, na Arena. Antes disso, o Gigante da Colina recebe o Defensa y Justifica na quinta, às 21h30 (de Brasília), no jogo de volta das oitavas de finais da Copa Sul-Americana.